Arquivo da tag: pastel

Yoka, a pastelaria campeã!

Olha, essa foi uma grande surpresa. Sempre passei na frente do Yoka e nunca tive vontade de entrar, até que um tempo atrás um dos souschefs comentou que o pastel deles era maravilhoso. A recomendação era o pastel de carne com ovo de gema mole. Fiquei mega curiosa para conhecer.

Então resolvi tomar o café da manhã lá, rasgueira, eu sei, mas a vontade era muito grande, hehehe. Olha a fachada, eu não dava nada…rs

Spoon_AG_0480O lugar é meio apertadinho, e as mesas acabam sendo coletivas.

Spoon_AG_0482Os preços dos pastéis variam de R$ 4,50 a R$ 10,50.

Spoon_AG_0481E depois de alguns minutinhos, chega o meu pastel, don, don, don… expectativa… rs

Spoon_AG_0483É menor que um pastel especial, mas estava bem pesado. E voilá, que espetáculo!!! Mega recheado, recheio bem feito e umidinho, delícia!!  Ah, e a massa, bem sequinha e crocante! Vale a pena experimentar.

Spoon_AG_0484Além dos pastéis, eles servem também salgados como esfihas, coxinhas e quibes, que pareciam muito bons também. Pastel Yoka foi eleito “O melhor pastel da cidade” pelo júri da Veja São Paulo em 2012. Confiram a matéria na Band na qual aparecem os famosos pastéis:

Yoka
Site: http://www.yoka.com.brR. dos Estudantes, 37, Liberdade, São Paulo, SP.
Horário de funcionamento: 9h às 20h (sáb. e dom. até 19h)

Anúncios

Irresistíveis pastéis de feira

Sabe quando bate aquela louca vontade de comer pastel de feira já no café da manhã? Pois é, hoje foi um desses dias! hehehe

Engraçado, mas para mim, comido na feira é muito mais saboroso, acho que a experiência fica completa. Costumava comprar pastéis na feira de terça feira na Av. Otacílio Tomanik, a primeira barraca da feira. Até que é bom, e quando comprava o Especial, sempre davam mais um pastel normal de brinde. Depois me indicaram uma barraca do fundo, que vende pastel de berinjela com queijo, o recheio é bem gostoso, mas achei a massa meio encharcada de gordura e mole.

Comecei a frequentar mais o CEAGESP e assim pude comparar os pastéis de lá também. Infelizmente foi decepcionante. Experimentei de três barracas. A do fundo, perto das flores, o pastel era bem meia boca, massa mais ou menos com gosto de óleo queimado e o recheio de carne moída com pimenta do reino demais, que acabava se destacando. A barraca do meio de japas, no mesmo lado da barraca do fundo, era um que eu frequentava antigamente, fiquei decepcionada também. A massa e recheio de carne moída mais ou menos, e pior, na maior cara dura me entregaram morno, falta gravíssima. E na região do meio, mas do lado oposto outra barraca de japoneses (acho que tinha o mesmo nome do anterior) foi péssimo. Massa meio mole e gordurento e o recheio de carne moída que era uma maçaroca de gordura dura, imagino que seja carne de segunda ou terceira, e mal preparada… O sabor estava bem desagradável.

Foi então que um amigo da academia me recomendou a pastelaria Kyoto, na Vila Borges, que venceu o concurso de melhor pastel de feira de São Paulo, organizado pela prefeitura de São Paulo. É um pouco mais longe de casa, mas vale o esforço! Para mim foi um dos melhores pastéis de feira que comi até hoje, se não for o melhor, rs. A massa é simplesmente um desbunde. Mesmo preparando em casa, é possível sentir a diferença em relação a outras massas, e o recheio de carne moída, muito saboroso e equilibrado.

Bem, hoje fui desesperada até lá. Caminhei até o fim da feira, onde costuma ficar, e achei estranho, pois não reconhecia a barraca, com a faixa dizendo que era o ganhador do concurso. Pensei, é virou o ano, vai ver eles resolveram tirar porque possivelmente terá outro concurso. Pensei, ué, os uniformes são diferentes e poucos atendentes, será mesmo? Observei o nome nos preços, Pastel Shizuoka…. ué….

Spoon_AG_0108Mas também não ia perder a viagem, pedi o Pastel Especial Mini (R$ 5,00) tamanho normal de pastel com recheio do especial, adoro pastel Especial e este tamanho foi perfeito, sem exageros. A massa era maravilhosa e o recheio perfeito. Não sei se é da mesma família ou algo assim, mas fiquei feliz de poder continuar a comer pastéis maravilhosos perto de casa, hehehe

Spoon_AG_0110Reparei que o preço dos pastéis aumentaram. Os normais de R$ 3,00 para R$ 3,50 e o Especial de R$ 6,00 para R$ 7,00, e esse que eu comi, que não lembro de ter visto em outro lugar por R$ 5,00. É… fazer o que, tudo no mercado aumentou de preço, não tem jeito.

Fiquei pensando no caminho de volta para casa, engraçado, morei 1 ano e meio no Japão e não lembro de ter visto nenhum lugar que vendesse esse tipo de pastel. Então fui dar uma rápida pesquisada. Parece que esse pastel de feira, como conhecemos, foi inventado na década de 1940 por descendentes de imigrantes japoneses em Santos, que modificaram a receita de gyoza para usar recheios tipicamente brasileiros. A massa diferenciada ainda leva cachaça na composição. A receita rapidamente se espalhou por São Paulo e depois pelo resto do país. Ainda na década de 1940, foi um dos alimentos mais consumidos do Estado (Fonte: Wikipedia ).

Ah, o CEAGESP…

Nossa, como adooooro ir ao CEAGESP nos fins de semana, bem cedinho! Fico louca com tanta coisa legal para experimentar e usar para testar receitas. Dá vontade de sair comprando tudo, mas aí é preciso recorrer ao lado racional e calcular apenas o que será consumido durante a semana. Cada fruta…

Spoon Experiências GastronômicasComecei a frequentar com mais frequência, desde quando descobri que existe um ônibus que passa perto de casa e passa pertinho do CEAGESP, no final do ano passado. Está virando programa das manhãs dos fins de semana.

Ai, os frutos do mar…. mais tentações! E sai no tapa se for véspera de feriados, kkkk

IMG_0040E a coisa tá cada vez mais chique, viu… rs

IMG_0043Mas o que mais gosto mesmo é a parte das mudas de ervas. Difícil resistir à tentação de comprar vários, ainda mais com mudas a R$ 1, de boa qualidade. Este é o meu cantinho preferido na feira. Sempre renovo e incremento o meu jardim aqui.

Spoon Experiências GastronômicasE agora com a moda de colocar cada vez mais flores nos pratos, bóra pesquisar as flores comestíveis. Resolvi perguntar para vários vendedores sobre quais flores eram comestíveis, mas apesar da moda, a grande maioria mostrou não ter nenhum conhecimento sobre o assunto. Somente a moça da barraquinha de ervas que sempre frequento tinha mais informações. Acabei comprando com ela um pé de pimenta dedo de moça e camomila. Segundo ela suas flores seriam comestíveis. Bem, de qualquer forma confesso que o uso é um pouco restrito, pois não há garantias que estará florido exatamente quando se quer usar em algum prato.

Spoon Experiências GastronômicasAh, e já ia esquecendo, o pastel que acaba virando o café da manhã. Experimentei de 3 barracas, mas até agora não chegou aos pés do Pastel Kyoto, eleito o melhor pastel de feira de 2012, com uma das unidades na Vila Gomes. Para mim a massa deles é imbatível até o momento! Vale a pena comprar também o rolo de massa para preparar alguma coisa em casa também.