Arquivo da categoria: Uncategorized

Me despedindo de Portugal

Minha última refeição em Portugal, resolvi fazer perto de onde estava hospedada, em Alvalade. Caminhei um pouco pelo bairro para ver se tinha algo que me interessasse e encontrei o Restaurante O Luis. Nessa época do ano não é fácil encontrar restaurantes abertos por conta do período de férias de maioria das pessoas. A casa tinha um aspecto simples, mas simpático.
Em pouco tempo começou a encher, e aí pensei, é, não deve ser ruim. Percebi que muitos eram clientes da casa, e nada de turistas.
pt-es_2016_1045
Olhei o cardápio e achei interessante o Coelho no Churrasco, já que raramente se vê coelho em São Paulo. Queria ver também se serviam bem macio, porque não é uma carne tão fácil de se trabalhar.
Para acompanhar, o garçom me sugeriu o Vinho Monte das Serras 2015 do Alentejo.
pt-es_2016_1041
Depois de um tempo finalmente chegou o Coelho no Churrasco ( 11,50), uma porção generosa acompanhado de batatas fritas sequinhas.
A carne estava maravilhosa, macia, suculenta e levemente crocante por fora. O alho que vem no tempero do coelho parece marinado em vinho tinto, muito bom! Junto à carne vem também verduras estilo picles que combinam muito.
pt-es_2016_1043
A comida estava muito boa, os preços são bem convidativos e o couvert não é “empurrado”, sendo pago apenas o que é solicitado. Achei um custo benefício bem interessante.
Cheguei meio dia, o que foi perfeito para conseguir uma mesa sem reserva nem espera. Apesar da correria que fica com a casa cheia, o serviço é bem ligeiro e muito simpático.
Também possuem vários rótulos de vinho meia garrafa, ótimo para quem vai sozinho.

Restaurante O Luis
Endereço: R. José Duro 29, 1700-111 Lisboa, Portugal.
Telefone: 351-21 849-1862.
Horário de funcionamento: Seg a Sex das 8h às 22:30; Sáb das 8h às 16h.

Anúncios

La Boqueria

Mercat de Sant Josep, popularmente conhecido como La Boqueria é um dos pontos obrigatórios para quem vai a Barcelona. Depois de quase vinte anos, voltar ao mercado com olhar de cozinheira, e não de arquiteta, fez com que a visita se tornasse novamente interessante.
pt-es_2016_0034
Por ser verão, uma das coisas que mais chamavam a atenção eram as barracas vendendo sucos e frutas prontas para consumo.
pt-es_2016_0017
Destaque para as barracas de jamón, sempre tão desejadas. Mas confesso, cheguei, olhei, e não fazia idéia do que avaliar, ou o que comprar por conta da variedade de produtos. Resolvi deixar as compras para um próximo momento.
pt-es_2016_0015
Legal poder ver a senhora passando gordura na área de corte do jamón. De pouco em pouco tentando entender este produto tão nobre.
pt-es_2016_0021
Adorei estes cones para degustação de presuntos. Acompanhados de batatas fritas, pães ou biscoitinhos.
pt-es_2016_0020
E este outro também apetitoso.
pt-es_2016_0016
Curiosidades do açougue, com produtos que usualmente não vemos no Brasil. Interessante ver o aproveitamento dos animais.
pt-es_2016_0031
Com essa minha cara de japonesa, não faltaram gritos oferecendo ovas de tainha. Alguns ainda falavam, “Aqui tem karasumi”!!!
pt-es_2016_0022
Adoro ver a variedade de frutos do mar, especialmente aqueles que não conheço.
pt-es_2016_0030
Muitas tentações!
pt-es_2016_0029
Esse é o que fiquei mais intrigada… Como se come? Que sabor tem?
pt-es_2016_0024
O lingueirão, também conhecidos como peixe navalha, ou pez navaja em espanhol e razorfish em inglês, era algo que sempre quis experimentar, principalmente por aparecer muito em programas culinários na TV. Ficava imaginando como seria a textura, o sabor… e de repente estava de cara com ele. Confesso que só olhei no dia, pensando que encontraria muito mais em Portugal. Ledo engano…
pt-es_2016_1199
Sorte a minha ter tido a oportunidade de voltar ao mercado. Desta vez, não iria perder a oportunidade! Essas navalhas são feitas na chapa e finalizadas com azeite e ervas. Se valeu a pena a espera? Ô se valeu!! Coisa deliciosa. E sim, era como eu imaginava, hehehe.
pt-es_2016_1202
Apesar de ter visto várias coisas interessantes no mercado, esta época do ano, Julho e Agosto, pico do verão, não é a melhor para conhecer os produtos locais. Várias barracas fecham para férias ou existe uma quantidade menor de produtos.

La Boqueria
Endereço: La Rambla, 91, 08001, Barcelona, Espanha.
Horário de funcionamento: Seg. a Sáb. 8h às 20:30.

MOMO Lamen inaugura no coração da Liberdade

A nova casa de lamen, o MOMO Lamen acaba de abrir ao público. Bem no coração da Liberdade, quase na saída do Metrô Liberdade, promete atender o grande público que costuma frequentar a região nos seus amplos três andares.
Spoon.2016_0279
Parte do cardápio na porta despertando a vontade de comer um lamen.
Spoon.2016_0280
A arquitetura de Jorge Suwazono é composta de três andares projetados com cuidado em cada detalhe. Os salões são relativamente amplos, considerando uma casa de lamen. Além dos balcões presentes em dois andares, existem muitas mesas. O lamen é preparado no andar térreo e no primeiro andar o udon. Há um pequeno elevador ligando os três pisos, agilizando o trabalho.
A casa conta também com funcionários muito simpáticos e prestativos.
Spoon.2016_0281
Sentamos no balcão, o nosso local favorito, de onde podemos ver todo o trabalho dos cozinheiros.
Spoon.2016_0286
Começamos com o Karaague, 6 unidades de frango deliciosos e suculentos acompanhado de limão siciliano.
Spoon.2016_0290
Gyoza (5 unidades) também não pode faltar. Este é levemente crocante por fora e vem acompanhado de molho.
Spoon.2016_0291
Minha escolha do dia foi o Aka Misso Lamen, de misso levemente apimentado, perfeito para esses dias frios em São Paulo. A massa produzida na casa é um pouco mais grossa e vem no ponto perfeito. O preço dos lamens variam de R$ 27 a R$ 34.
Spoon.2016_0289
Além do lamen, servem o Udom. Este veio acompanhado de Tempura Especial. A casa promete ser um estabelecimento de massas japonesas, não somente o lamen.
Spoon.2016_0292
Sempre achei a região da Praça da Liberdade meio pobre de opções de restaurantes. Fico feliz que agora tenha um opção bem interessante.
Sucesso ao MOMO Lamen!

MOMO Lamen
Website: http://www.momolamen.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/momolamen/?fref=ts
Endereço: Rua dos Estudantes, 34, Liberdade, São Paulo, SP. Próximo ao Metrô Liberdade.
Telefone: (11) 3207-5626
Horário de funcionamento: Todos os dias 11h às 22h.

Teishoku, o “PF” japonês

Já ouviu falar em Teishoku? Nos restaurantes japoneses costuma ter esta opção nos almoços, e pessoalmente, acho que vale muito a pena, não só pela refeição completa e equilibrada, mas também pela variedade de sabores que se pode experimentar. Comparo ao “PF” (prato feito) porque são opções fixas por dia e por serem completas.
Hoje apresentarei alguns restaurantes em São Paulo que oferecem esta opção.

Shinzushi – este é o bento, servido na caixinha japonesa com refogado de legumes, tsukemono (picles japonês), frango empanado, peixe cozido, e tofu frito. Acompanha gohan (arroz japonês), misoshiru e fruta como sobremesa (R$ 45).
Spoon.2016_0147

Izakaya Matsu – apesar de izakaya, serve apenas o teishoku no almoço. Como prato principal do dia, o porco empanado com molho de misso. De acompanhamentos, broto de samambaia, kimpiragobo (refogado de raiz de bardana), gohan, misoshiru e fruta de sobremesa (R$ 35).
Spoon.2015_0889

Izakaya Bueno – mais um estabelecimento que é um izakaya, mas serve almoço. Aqui a minha escolha do dia foi o Bibimpap, um prato koreano servido em uma cumbuca de pedra quente, com arroz, verduras, carne, ovo e muita pimenta, do jeito que adoro! Acompanha gohan e misoshiru. O almoço varia de R$ 35 a R$ 42.
Spoon.2014_0762

Kidoairaku – aqui a opção de sashimi de peixes do dia. Acompanha salada de folhas, salada de pepino, tsukemono, legumes cozidos, hijiki (tipo de alga), gohan e misoshiru. Os pratos do almoço variam de R$ 43 a 60.
Spoon.2014_0885

Kinoshita – Sim, para aqueles que acham que é um restaurante inacessível, rs, surpreenda-se com o almoço executivo, de segunda à sexta por R$ 55 a 72! Diferente da forma servida geralmente em caixa ou bandeja, aqui é servido em sequência. Claro, para aqueles que preferem que tudo seja servido de uma vez, é só solicitar. Entrada com salada e otoshi, e a opção mais em conta com um sashimi do dia.
Spoon.2016_0136
Opção Matsu, com um prato de sushi do dia a mais.
Spoon.2016_0134
Prato quente, com uma opção de carne ou peixe do dia, acompanhado de gohan, misoshiru e tsukemono.
Spoon.2016_0137
E por fim a sobremesa, geralmente um doce acompanhado de frutas.
Spoon.2016_0135

Que tal fazer um tour de teishokus pela cidade?

Shinzushi
Facebook: https://www.facebook.com/pages/Shin-Zushi/164164390310259?fref=ts
Endereço: Rua Afonso de Freitas, 169, Paraíso, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 3889 8700.
Horário de funcionamento: Ter. a Sáb. das 11h30 – 14h; 18h – 22h30 / Dom. das 18h – 22h (terceiro domingo de cada mês fechado)/ Feriados: 18h às 22h. Seg. fechado.

Izakaya Matsu
Facebook: https://www.facebook.com/izakayamatsu?fref=ts
Endereço: Avenida Pedroso de Morais, 403, Pinheiros, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 3812-9439
Horário de funcionamento: seg a sáb 11h30/14h30 e 18h30/23h30 (fecha domingo)

Izakaya Bueno
Website: http://www.izakayabueno.com.br/page/
Facebook: https://www.facebook.com/pages/Restaurante-Bueno-_Alameda-Santos/236604866420008?ref=ts&fref=ts
Endereço: Alameda Santos, 835, Cerqueira Cesar, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 2386-8035.
Horário de funcionamento:
De Seg. a Sex. 11h30 – 14h30 e também 18h – 22h30; Sáb. 12h – 15h e também 18h – 22h30; Domingo fechado.

Kidoairaku
Endereço: Rua São Joaquim, 394, Liberdade, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 3207 8569.
Horário de funcionamento:Seg a Sex, 11:30 às 13:45, e 18:30 às 22:30; Sáb 11:30 às 13:45 e 18:30 às 21:30. Dom fechado
.

Kinoshita
Website: http://www.restaurantekinoshita.com.br/
Endereço: Rua Jacques Félix, 405, Vila Nova Conceição, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 3846-7327 / 3849-6940 / 3842-7714 / 3045-7774.
Horário de funcionamento: Seg a Sex, 12h às 15h, e 19h à 0h; Sáb, 12h às 16h, e 19h à 0h; Dom fechado.

Huto Izakaya nasce com proposta diferenciada

A moda agora, pelo menos em São Paulo, parece se abrir um izakaya, isto é, boteco japonês. Inicialmente concentrados na região da Liberdade, atualmente encontramos vários izakayas especialmente na região do Jardins e Pinheiros. Indo em caminho diferente, em pleno Campo Belo, surge o Huto Izakaya do Fábio Yoshinobu Honda. Não somente a localização é diferenciada, mas também a sua arquitetura elegante que pouco lembra a palavra boteco. Os ambientes são bem confortáveis e aconchegantes, nos convidando a passar horas degustando as maravilhas da casa.
HutoIzakaya_001p
A área externa que atualmente serve de apoio para espera oferece um ambiente tão agradável que facilmente faz esquecer que estamos no meio da semana de trabalho. Nesse ambiente, um sake ou uma cerveja cai muito bem!
Spoon.2016_0088
Internamente são 10 lugares no balcão e 24 nas mesas. O meu lugar preferido é o balcão, onde posso acompanhar muitas das preparações e conversar com os cozinheiros. Neste dia tive a oportunidade de conhecer o Tamada, super simpático e atencioso no balcão. Aliás, toda a equipe tem uma vibração muito positiva, o que torna o ambiente ainda mais acolhedor.
Spoon.2016_0091
A carta de bebidas é bem interessante, não é muito extensa, mas ao mesmo tempo oferece uma variedade boa. Geralmente não vejo muita opção em izakayas, cervejas que não costumo apreciar muito ou sakes oferecidos apenas como seco ou suave. Em izakayas, costumo dar preferência aos sakes e cervejas, e esta noite foi a do sake!
Spoon.2016_0090
Para começar, de otoshi, o clássico Aguenasu, berinjela frita, macia e suculenta.
Spoon.2016_0089
Na sequência um clássico do Restaurante Huto, o Tamago Furai – ovo à milanesa cozido em baixa temperatura, com ovas de salmão e azeite trufado. Confesso que quando soube que eles serviam essa especialidade do Chef Adriano de Lima, quase pulei de alegria. Por quase dois anos estava tentando marcar de conhecer esse ovo com uma amiga, e nunca havia conseguido. Posso dizer que valeu a pena a espera, rs.
Spoon.2016_0092
Na sequência dois petiscos. O primeiro foi o Maguro Dangô, bolinhos com creme de atum ao molho de tonkatsu e aromatizados com katsuobushi (flocos de peixe seco bonito). Destaco a cremosidade do recheio e a delícia do molho tonkatsu feito totalmente na casa.
Spoon.2016_0093
O segundo foi o Hotate Nassu, vieiras e berinjelas assadas, temperadas com molho de amamissô. As vieiras e berinjelas preparadas na brasa são maravilhosas, aquele leve defumado que combina perfeitamente com o molho de amamissô.
Spoon.2016_0078
A recomendação da casa são as robatas, porções individuais com uma variedade ampla de opções que vão desde verduras, passando por tofu, frutos do mar, até carnes. Pode-se até dizer que são robatas “gourmet”, no bom sentido. Diferentemente da maioria dos izakayas, as robatas são mais trabalhadas, não somente em relação aos ingredientes principais mas também aos molhos que acompanham.
Salmão com aspagos, para os viciados em salmão. Aqui é utilizada a parte gorda do salmão, deixando a robata bem suculenta. O aspargo dá um belo contraste de textura.
Spoon.2016_0094
Milho doce, além do sabor delicioso, aquele queimadinho que dá um toque especial.
Spoon.2016_0095
Polvo com molho de misso e maracujá. O polvo estava perfeito, macio e suculento. Já o molho foi uma surpresa inesperada, belíssima combinação!
Spoon.2016_0096
Robalo com shisso e umê, dupla infalível. Mas vale ressaltar a qualidade desse peixe e a sua perfeita execução. Imagine a alegria de uma pessoa que ama shisso e umê, rs.
Spoon.2016_0097
Vieiras com Uni, sim, é absolutamente perfeito!!! Me senti flutuando de felicidade…
Spoon.2016_0098
Pargo com Yuzu, outra preparação impecável de peixe.
Spoon.2016_0099
Pancetta com misso, segundo Tamada, um dos preferidos dele, e também o meu! Sabor e suculência na maior harmonia!
Spoon.2016_0100
Tamagoyaki com umê, um teste bem interessante. Reparem no detalhe das camadas deste tamagoyaki (omelete japonês).
Spoon.2016_0101
Para fechar as robatas, mais uma maravilha, Vieira com azeite de ervas.
Spoon.2016_0102
Realmente a experiência das robatas é mais do que especial. Não se apeguem ao cardápio, existem muito mais opções e novidades, peçam sugestões.
Ao sentarem no balcão, reparem no Alberto que comanda a grelha, a alegria dele preparando cada robata é no mínimo encantador.
A esta altura já estávamos mais do que  satisfeitos, mas não resistimos à tentação de experimentar uma sobremesa. Escolhemos a Banana assada temperada com calda de caramelo e sorvete de pistache. A banana estava muito boa, mas o sorvete de pistache era delicioso!
Spoon.2016_0103
Como comentei no começo deste post, é um izakaya com proposta diferenciada, meio restaurante, meio izakaya. Diferentemente de muitos izakayas com espaços não muito convidativos, apesar de pratos saborosos e simpatia dos cozinheiros, este oferece um conjunto de características que me agradou muito. Outro item que me chamou a atenção foi o cuidado da equipe em relação ao timing dos pratos, sem acelerar, nem ser muito lento. Assim é possível harmonizar as delícias da cozinha com a variedade de bebidas.
Recomendo também o menu degustação com algumas entradas e sequência de robatas que sai por R$ 160,00.
A experiência foi tão positiva que não vejo a hora de retornar! Parabéns a toda a equipe pelo lindo trabalho. Sucesso!!!

Huto Izakaya
Facebook: https://www.facebook.com/pages/Huto-Izakaya/934562999954128?fref=ts
Endereço: Rua Jesuíno Maciel, 682, Campo Belo, São Paulo, SP.
Telefone.: (11) 5041-6809.
Horário de funcionamento: Segunda a sábado, 19h/0h; Fecha aos domingos.

E começa!

2013, novo ano, novas experiências!!! Nada melhor que o primeiro mês do ano para começar novos projetos. E porque não um Blog para poder compartilhar idéias, conhecimentos, experiências sobre um assunto que tanto adoro COMIDA!!!

Inicialmente, o Blog será dividido em 6 assuntos:

  1. Aventuras Gastronômicas – posts sobre lugares, pessoas e experiências
  2. Receitas – basicamente os que já fiz e recomendo
  3. Fica a Dica – reservado para dicas interessantes sobre técnicas, produtos, economia, organização, etc.
  4. Sustentável – posts sobre ações sustentáveis ligadas direta ou indiretamente à gastronomia
  5. Mimos – coisinhas que me chamaram a atenção e sonhos de consumo
  6. Spoon – descrição do Blog