Arquivo mensal: fevereiro 2017

Almoço no Tuju – o ambiente que encanta

Voltamos ao Tuju no almoço, inicialmente pelo interesse em visualizar melhor a arquitetura. Já na fachada as hortinhas móveis que despertam a curiosidade.
spoon-2016_0677
Em geral, o glamour em restaurantes está na noite, mas neste caso, achei o Tuju de dia muito mais charmoso. Todos os detalhes verdes encantam e fazem uma composição harmônica com a arquitetura. De noite mal se vê esses detalhes.
spoon-2016_0662
Começamos com o vinho Sonrojo, 100% Garnacha (Navarra – Espanha), com acidez leve, limpa o paladar e refresca, perfeito para o belo dia de sol.
spoon-2016_0663
Enquanto aguardamos a entrada, chegam os deliciosos pães, que podem ser repetidos à vontade. Acompanhados de manteiga, azeite e sal, são simplesmente viciantes.
spoon-2016_0664
De entrada, escolhemos a Lasanha aberta de lagostim e cucurbitáceas. Leve, delicado, mas sem perder o sabor.
spoon-2016_0665
Prato principal, Peixe ao estilo “escama do dragão”, mexilhões, tomate momotaro e bambu. Peixe no ponto, bem suculento, todos os elementos combinando, e o destaque fica para a crocância das escamas de peixe.
spoon-2016_0666
Sobremesa, Terezinha: texturas de laranja e cachaça. Espetacular! Refrescância, sabores, texturas, tudo muito integrado. Sendo bem sincera, gostei muito mais do que as sobremesas do menu degustação de quinze etapas.
spoon-2016_0667
Para finalizar, um café delicioso do Coffee Lab acompanhado de um macaron de erva-mate. E que macaron! Comeria uma caixa desse macaron.
spoon-2016_0668
Após o belo almoço, uma leve caminhada pelos espaços do restaurante. Interessante ver tantas espécies em um espaço limitado em área urbana. Tivemos a sorte também de ver várias árvores com frutos.
spoon-2016_0672
O jardim vertical é lindo, nesse dia, cheio de cachos de tomatinhos cereja.
spoon-2016_0671
Por fim, a horta coberta que de noite chama mais atenção porque fica destacada com a iluminação, enquanto o restante da vegetação se perde no escuro.
spoon-2016_0670
Adorei a experiência de dia no Tuju, com a integração de todos os elementos desse projeto lindo, além de um menu de almoço delicioso e na medida. Ótimo custo benefício (R$ 75).
spoon-2016_0675

TUJU
Website: http://tuju.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/tujurestaurante/?fref=ts
Endereço: Rua Fradique Coutinho, 1248, Pinheiros, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 2691-5548
Horário de funcionamento:
Almoço: Ter a Sex 12h às 15h; Sáb, Dom e Feriado 13h às 16h
Jantar: Ter a Qui 19:30 às 23h; Sex e Sáb 19:30 às 0h.

Últimas compras em Abrera, Espanha

Já quase me despedindo da Europa, as últimas compras para encher as malas.
Pois é, cozinheiro ou pessoas que gostam muito de comida é assim, as compras acabam sendo focadas em mercados e feiras, kkk.
O conselho da minha amiga Bel, foi de tentar comprar vários dos produtos que eu queria em Abrera, pois os preços costumam ser bem menores que em Barcelona, que é um grande centro turístico.
O Mercado Municipal de Abrera é pequeno, mas atende bem às necessidades dos moradores locais. No andar térreo estão várias lojinhas de produtos variados, açougue, ervas, produtos orgânicos, conservas, etc., e no subsolo um supermercado.
A loja de produtos orgânicos possuía alguns produtos interessantes como estes caldos. Foi onde comprei algumas cervejas artesanais orgânicos locais.
pt-2016_0062
Esta loja era uma tentação só. Azeitonas maravilhosas, bacalhau, enlatados diferentes com peixes e frutos do mar, molhos e o Vermute que ainda ganhei de presente.
pt-es_2016_0063
Aqui o açougue com os presuntos Pata Negra com preços muito inferiores se comparado ao mercado de Barcelona. Pedi para embalar à vácuo vários presuntos, incluindo o famoso Joselito, embutidos e queijo Manchego.
pt-es_2016_1209
Para finalizar a viajem inesquecível refeições caseiras com muito amor e carinho. Figos fantásticos, de uma doçura e sabor sem igual, uma fruta que se tornou um vício em Portugal e Espanha.
pt-es_2016_1203
E esse mimo? Dá para sentir mais carinho que este? Prepararem um repeteco um dos pratos que você mais gostou na viagem não tem preço. É para deixar muita saudade.
pt-es_2016_1212
Refeições sempre regados a bons vinhos.
pt-es_2016_1214
E essa panqueca deliciosa que mais parece uma obra de arte.
pt-es_2016_1233
E para fechar, uma tradicional Cava!
Enorme gratidão por todo o carinho e a oportunidade de conhecer lugares e sabores que ficarão para sempre na minha memória.
Um brinde aos amigos, à Portugal e à Espanha!
pt-es_2016_1235

Mercado Municipal de Abrera
Endereço: Rambla Torrentet, 16, 08630 Abrera, Espanha.
Telefone: 34 937 70 03 95.
Horário de funcionamento: Seg a Sáb das 8h às 21:15.

Último dia em Barcelona

De volta a Barcelona um pouco antes do embarque de retorno ao Brasil, aproveitei para bater pernas na cidade que havia visitado há quase 20 anos atrás. Como o tempo estava curto, foi tudo bem corrido.
Um lugar que não poderia deixar de visitar era a Sagrada Família que visitei como estudante de arquitetura há quase duas décadas. Ver como avançaram as obras de um grande ícone arquitetônico é no mínimo emocionante.
pt-es_2016_1133
A parte central que era um “buraco” inacabado quando visitei da primeira vez estava coberto e deslumbrante com jogo de luzes e cores. Impossível não se encantar e se emocionar neste espaço.
pt-es_2016_1121
A algumas quadras da Sagrada Família e loja de cervejas artesanais Beer Store. Além das cervejas importadas de várias partes da Europa, estantes com cervejas regionais. A vontade de levar um de cada era enorme. Pedi ajuda ao dono da loja para escolher alguns rótulos que dificilmente encontraria no Brasil.
pt-es_2016_1145
Os preços? Super tentadores! Olha aí uma das minhas cervejas favoritas, a Duchesse de Bourgogne a preço de banana, hehehe.
pt-es_2016_1144
Andando mais um pouco, cheguei ao museu de chocolate, em catalão Museu de la Xocolata (MX).
pt-es_2016_1184
Assim que entramos um café com muitos itens à base de chocolate.
pt-es_2016_1147
Claro que não podia deixar de experimentar o Chocolate Quente.
pt-es_2016_1191
Mas o melhor mesmo foi o Croissante de Chocolate com massa maravilhosa!
pt-es_2016_1150
A entrada para o museu é esta barra de chocolate. Eles perguntam de onde você está vindo e selecionam a bandeira correspondente, um mimo!
pt-es_2016_1185
O museu possui uma série de ilustrações sobre a história do chocolate na Espanha, assim como equipamentos utilizados antigamente. Confesso que não foi dos museus mais empolgantes… Mas valeu principalmente pelo croissant de chocolate, hahaha.
pt-es_2016_1188
Andando mais um pouco, o Centro Cultural El Born.
pt-es_2016_1151
Uma paradinha para refrescar dentro do Centro Cultural no bar e restaurante El 300 del Born. Esta cerveja estava deliciosa, perfeito para os dias quentes do verão europeu.
pt-es_2016_1162
De fora não fazia ideia do que havia dentro. A surpresa é inevitável, tanto a arquitetura do edificação quanto as escavações da cidade que está sob o El Born e Bairro Gótico. No local do antigo mercado, em uma das reformas, se descobriu esse sítio arqueológico riquíssimo, o que fez mudar os rumos do projeto, tornando-se hoje um centro cultural.
pt-es_2016_1182
Saindo pelo lado oposto à praça aberta, fui tentar encontrar uma loja daquelas do tipo da zona cerealista de São Paulo.
pt-es_2016_1218
Encontrei o famosa empresa Jaime J. Renobell, onde podem ser encontrados muitos produtos como cereais, frutas secas, cogumelos secos, especiarias, entre outros produtos. Infelizmente estava fechado por conta das férias.
pt-es_2016_1217
Continuei a caminhada pelas ruas absolutamente charmosas de El Born e o Bairro Gótico. Sem dúvida alguma vale a pena se deixar perder por essas ruas.
pt-es_2016_1193
Uma paradinha para descansar um pouco no Original’s Bakery.
pt-es_2016_1223
Vários lanches e doces.
pt-es_2016_1224
Resolvi pegar o tradicional churros. Como vir à Espanha e não provar os churros? O caldo de chocolate é opcional e os churros vêm com açúcar tipo cristal.
pt-es_2016_1225
O chocolate era bem ralo, na verdade era o chocolate quente. Sinceramente o churros sem ele fica melhor, rs.
pt-es_2016_1226
Mais uns passos e encontrei uma das lojas que queria muito conhecer, a Casa Girpert que fica atrás da Basília Santa Maria Del Mar. A fachada é puro charme.
pt-es_2016_1220
Dentro da loja muitas tentações, a felicidade para cozinheiros. Meu objetivo principal era de encontrar cogumelos secos para poder trazer ao Brasil. Minha mala parecia de uma contrabandista de cogumelos, rs, impossível resistir às variedades e sabores incríveis.
pt-es_2016_1221
No final desse dia, antes de pegar o trem, uma parada na La Boqueria para experimentar as Navalhas que tanto sonhava em experimentar. As navalhas são preparadas na chapa e recebem um molho à base de azeite e ervas, simples e delicioso.
pt-es_2016_1202

Beer Store

Website: http://www.beerstorebcn.com/
Endereço: Carrer de Provença, 495, 08025 Barcelona, Espanha.
Telefone: (34) 935 19 91 39.
Horário de funcionamento: Seg. 16:45 às 20:39; Ter. à Sáb. 10:30 às 13:45 e 16:45 às 20:30.

Casa Gispert – Productes Sabor
Website: http://www.casagispert.com/
Endereço: Sombrerers, 2308003, Barcelona, Espanha.
Telefone: (34) 933 197 535.
Horário de funcionamento: Seg. a Sáb. 10h às 14h e 16h às 20 h. De 24 de novembro a 24 de dezembro de Ter. à Sáb., não fecha para o almoço, aberto das 10h às 20h.

Centro Cultural El Born
Website: http://elbornculturaimemoria.barcelona.cat/en/the-center/

La Boqueria
Endereço: La Rambla, 91, 08001, Barcelona, Espanha.
Horário de funcionamento: Seg. a Sáb. 8h às 20:30.

Me despedindo de Portugal

Minha última refeição em Portugal, resolvi fazer perto de onde estava hospedada, em Alvalade. Caminhei um pouco pelo bairro para ver se tinha algo que me interessasse e encontrei o Restaurante O Luis. Nessa época do ano não é fácil encontrar restaurantes abertos por conta do período de férias de maioria das pessoas. A casa tinha um aspecto simples, mas simpático.
Em pouco tempo começou a encher, e aí pensei, é, não deve ser ruim. Percebi que muitos eram clientes da casa, e nada de turistas.
pt-es_2016_1045
Olhei o cardápio e achei interessante o Coelho no Churrasco, já que raramente se vê coelho em São Paulo. Queria ver também se serviam bem macio, porque não é uma carne tão fácil de se trabalhar.
Para acompanhar, o garçom me sugeriu o Vinho Monte das Serras 2015 do Alentejo.
pt-es_2016_1041
Depois de um tempo finalmente chegou o Coelho no Churrasco ( 11,50), uma porção generosa acompanhado de batatas fritas sequinhas.
A carne estava maravilhosa, macia, suculenta e levemente crocante por fora. O alho que vem no tempero do coelho parece marinado em vinho tinto, muito bom! Junto à carne vem também verduras estilo picles que combinam muito.
pt-es_2016_1043
A comida estava muito boa, os preços são bem convidativos e o couvert não é “empurrado”, sendo pago apenas o que é solicitado. Achei um custo benefício bem interessante.
Cheguei meio dia, o que foi perfeito para conseguir uma mesa sem reserva nem espera. Apesar da correria que fica com a casa cheia, o serviço é bem ligeiro e muito simpático.
Também possuem vários rótulos de vinho meia garrafa, ótimo para quem vai sozinho.

Restaurante O Luis
Endereço: R. José Duro 29, 1700-111 Lisboa, Portugal.
Telefone: 351-21 849-1862.
Horário de funcionamento: Seg a Sex das 8h às 22:30; Sáb das 8h às 16h.