Arquivo mensal: agosto 2015

Aula com a Marisa Ono: Defumados: bacon e pastrami, salga, cura, defumação

Domingo de aula? Se for de coisas deliciosas, ah, com certeza!
Essa é uma aula que estou de olho já faz um tempo, e só hoje consegui participar. Fiquei feliz da vida!!!
Acabando de chegar, delícias de boas vindas, mandioca frita, crocante por fora e bem macio por dentro, cheio de sabor. A famosa coxinha de massa de mandioca e recheio de galinha caipira, não tem igual!
Spoon.2015_1051Começando a aula com o Pastrami que será servido ainda no dia, na panela de pressão. Gosto muito da forma que a Marisa ensina, sempre com opções criativas, sem a necessidade de comprar equipamentos específicos para tudo, o que simplesmente complica e desanima muita gente a preparar certos pratos.
Spoon.2015_1049Enquanto a carne fica na pressão, vamos ao Bacon. O grupo já descontraído começa a discutir onde comprar os ingredientes para a preparação. Por ter participantes de diferentes lugares, acaba virando uma dinâmica rica, agregando mais e mais informações.
Spoon.2015_1050Um modelo simples e portátil de defumador que a Marisa mostrou como exemplo.
Spoon.2015_1061Mas o mais interessante estava por vir, o defumador do dia! Se disser ninguém acredita. Só vou deixar a pista… kkk
Spoon.2015_1066Todos concentrados nas explicações da Marisa. Curiosidade a mil!
Spoon.2015_1068Lembra do pastrami da pressão? Olha ele indo para a defumação.
Spoon.2015_1070O resultado? Pastrami macio, suculento e saboroso.
Spoon.2015_1081Não podia faltar os pães da Marisa, claro.
Spoon.2015_1072Ai o cheiro desses pães, pena que não dá para passar por aqui…
Spoon.2015_1075Ai, o Bacon chegando, meu deus, segura a ansiedade.
Spoon.2015_1074A hora da verdade. O bacon, pernil e linguiça, tudo caseiro. Sim, o sabor é muito diferente dos industrializados. Fica difícil aceitar comer qualquer coisa depois de experimentar essas maravilhas. A linguiça não foi objeto da aula, mas fez com que todos pedissem uma aula para este item.
Spoon.2015_1076Bem, vamos à degustação. Impressiona a simplicidade das técnicas, ver o quanto é possível preparar essas carnes sem gastar uma fortuna. E acima de tudo, ganhar no sabor, textura e suculência, e porque não, saúde.
Spoon.2015_1079Depois de tudo ainda foi servido uma bela sobremesa! Pode? Essa pera estava divina.
Spoon.2015_1082Tenho certeza de que todos saíram com a vontade louca de começar a “brincar” com as técnicas aprendidas. Acredito que mais do que cozinhas mega equipadas com um monte de engenhocas, uma aula despretensiosa, com técnicas simples e acessíveis, cheio de informações técnicas transmitidas com muita clareza é o que faz com que as pessoas realmente tentem colocar na prática os aprendizados.
Foi uma tarde divertidíssima, um dia no “campo”, longe da correria do nosso dia a dia, conhecendo novas técnicas e fazendo novos amigos com interesses em comum.
Muito obrigada Marisa e Dona M.!!!

Está interessado em participar dos cursos da Marisa? Fique de olho no Blog da Marisa Ono, ou acompanhe a página do Facebook da Marisa.

Anúncios

Harmonização de cervejas especiais e saquês com Choco Chá

No dia 17 de agosto de 2015, aconteceu na Loja do Chá do Shopping Iguatemi o evento “Harmonização Choco Chá com cervejas e sakês“.
A apresentação ficou por conta da Carla Saueressig, proprietária da loja, a sommelier de cervejas Tatiana Spogis, e a sommelier de sakês Sônia Yuki Yamane.
Spoon.2015_0945As boas vindas ficaram por conta do Chocolat du Jour.Spoon.2015_1024Foram servidos Choco Snaks, polvilho banhado com delicioso chocolate. Leves, crocantes com leve toque salgado por dentro e chocolate macio por fora.
Spoon.2015_1033A apresentação do evento e do Choco Chá foi feito pela Carla.
Spoon.2015_0948O salão da loja estava lotado.
Spoon.2015_0957O Choco Chá, destaque do evento, foi desenvolvido a partir da parceria entre a Loja do Chá e Chocolat du Jour. Premiado com a medalha de prata na categoria infusões da Academy of Chocolate, em Londres (abril/2015), consiste em uma infusão feita 100% a partir do cacau do Pratigi, proveniente das Fazendas Reunidas Vale do Juliana, em Ituberá, no baixo sul da Bahia.
Spoon.2015_0963A infusão de cor dourada escura (Choco Chá), tem aroma de chocolate, mas o sabor é menos intenso. Fica bom tanto frio quanto quente. No evento, foi possível sentir as diversas combinações e harmonizações, um divertido jogo de sensações.
Spoon.2015_0906bEm seguida foi a apresentação da sommelier de cervejas Tatiana Spogis, representando a Bier & Wein Importadora.
Spoon.2015_0960Primeiramente a cerveja Badger Fursty Ferret, cerveja inglesa com paladar maltado e um adocicado que remete a nozes.
Spoon.2015_0973Acompanhado do sanduíche de cenoura salsa, massala e cottage, que suavizou o amargor da cerveja. Lembrando que todos os sanduíches foram desenvolvidos pela Carla, especialmente para o evento, harmonizando com as bebidas.
Spoon.2015_0941A segunda cerveja foi o Lindemans Kriek, sabor marcante de cereja, levemente doce, com acidez bastante agradável.
Spoon.2015_0978A Lindemans Kriek veio acompanhada dos sanduichinhos recheados com cream cheese, amora e manjericão. O toque do manjericão foi perfeito!
Spoon.2015_0979Mesas começam a ficar coloridas com as bebidas já servidas.
Spoon.2015_0981Todos compenetrados na degustação, discussão das sensações e postagens pelo celular!
Spoon.2015_0984Preparativos para a apresentação dos sakês da noite, com a ajuda das queridas funcionárias da Loja do Chá.
Spoon.2015_0986O primeiro sake da noite foi o Hakutsuru Josen Tradicional, muito utilizado para a introdução a este mundo.
Spoon.2015_0987O primeiro sake já foi o suficiente para despertar muita curiosidade dos participantes do evento. Um sinal do quanto os sakês de qualidade ainda não são conhecidos pelo público paulistano.
Spoon.2015_0996Este foi harmonizado com os sanduichinhos de pepino com wasabi.
Spoon.2015_1006O segundo sakê da noite foi o Hakutsuru Junmai Ginjo, com o aroma que lembra pera. Sake aromático, com mais personalidade que o primeiro.
Spoon.2015_1007O Hakutsuru Junmai Ginjo veio acompanhado de sanduichinhos de camembert, pera e coco ralado.
Spoon.2015_1009Todos encantados com os sakês.
Spoon.2015_1013Um momento cultural, ou cômico… kkk. Bem, essa informação era para as mulheres…
Spoon.2015_0999Curiosidade despertada pelos sakês, mais e mais informações solicitadas à Sônia.
Spoon.2015_1020Uma grande surpresa estava por vir, a apresentação do Licor de Choco Chá com Sakê, criado pela Sônia.
Spoon.2015_1031Sakê licoroso surpreendente, leve, redondo, com o sabor marcante do cacau. Harmonizado com o delicioso bombom de chocolate meio amargo com caramelo e flor de sal do Chocolat du Jour, tornou a experiência mais incrível.
Spoon.2015_1035No final ainda ocorreu o sorteio dos produtos apresentados no evento para a alegria dos participantes.
Spoon.2015_1037A noite foi marcado por muitas trocas de conhecimentos, experiências sensoriais, e acima de tudo, muita alegria! Que venham mais eventos como esse!!!
Spoon.2015_1045E fica aqui registrado o meu sincero desejo de que o “Sake Choco Chá” ou quem sabe, um “Choco Sakê” seja produzido comercialmente. Quem sabe uma bela parceria da Sônia com a Loja do Chá e o Chocolat du Jour!
Spoon.2015_1047Parabéns a todos os envolvidos pelo lindo evento! Até a próxima!!

A Loja do Chá – Tee Gschwendner
Endereço: Shopping Iguatemi, terceiro piso. Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 3816-5359.
Horário de funcionamento: Seg. à Sáb. das 10h às 22h.

Engordando a Confraria dos Gordinhos!

É… Parece que ficou esse nome mesmo, Confraria dos Gordinhos. Mais um divertido encontro na casa da Marisa Ono, e o grupo além de engordar com tantas comidinhas deliciosas, está engordando de tamanho, rs.
Como sempre fomos recebidos de cara com as delícias da Marisa, Saltenhas para começar.
Spoon.2015_0856E o Pastel Folhado de Espinafre.
Spoon.2015_0854Reparem nessa massa folhada, daqueles simples de fazer, mas que dá um efeito maravilhoso.
Spoon.2015_0858Aí começa a vir uma avalanche de comidinhas… Bacon  que adoramos, bem macia e suculenta.
Spoon.2015_0862Mais porco… Um teste da Marisa. Sim, amamos ser cobaias!
Spoon.2015_0867Frango, com tempero também teste. Nem parecia teste de tão bom que estava.
Spoon.2015_0868Pastrami, e eu tentando aprender algumas técnicas.
Spoon.2015_0869Pães caseiros, macios, cheirosos e quentinhos para acompanhar.
Spoon.2015_0863E eu montei a minha versão: pão com damasco, alho assado e bacon. Como ficou? Perfeito!
Spoon.2015_0866Peixe assado.
Spoon.2015_0870Meu pratinho de gohan com diversos tsukemonos. Adooooro essas coisas simples da vida!
Spoon.2015_0871Onishime.
Spoon.2015_0872A Torta de Frango com Palmito do Marcelo Katsuki, massa e recheio deliciosos.  Carinho em cada detalhe.
Spoon.2015_0883Ai meu deus, pausa pelo amor…. hihihi… Ainda mais porque eu não conseguia comer muito por estar recém operada. Vamos a uma pausa bucólica, hahaha. Orquídeas lindas do jardim da Marisa.
Spoon.2015_0873E uma caminhada um pouco mais longa para assentar a comida.
Spoon.2015_0875Pausa também para conhecer um nabo engraçado, rosinha por dentro. Imaginem o uso culinário! Da hortinha da Marisa sempre surgem várias surpresas que muitas vezes nunca vimos na vida.
Spoon.2015_0877Sobremesas também não faltaram. Ah, o tão desejado Custard Pudding da Vivi. Isso sim é privilégio de domingo, afinal de contas Sweet Deli não abre aos domingos, rsrsrs.
Spoon.2015_0879Minha contribuição foi a torta de pecã com whisky, acompanhado de sorvete.
Spoon.2015_0882Isso, porque nem tudo foi registrado, fora os bebes… É coisa demais. Juro que tinha gente passando mal, hehehe.
Mais um encontro muito gostoso, com a contribuição de São Pedro que nos proporcionou um domingo ensolarado. Muitas risadas, trocas de conhecimentos, e uma avalanche de comidinhas gostosas. Até a próxima!!!
Spoon.2015_0886

Restaurante Almodovar

Na badalada Rua dos Pinheiros, o restaurante espanhol Almodóvar, se destaca pelo ambiente decorado com inspiração nos filmes do cineasta Pedro Almodóvar. Já do lado de fora é possível ter uma bela noção do ambiente.
Spoon.2015_0796Tudo no ambiente chama a atenção – cores, luzes, sombras, brilhos…
Spoon.2015_0799Reflexos… Tudo bem dramático.
Spoon.2015_0800Até mesmo o cardápio.
Spoon.2015_0797Começamos com a Sangria de Cava, com espumante.
Spoon.2015_0802De cortesia, ceviche de frango, estava muito bom. Bem temperado, e na verdade, nem parecia frango.
Spoon.2015_0803Pedimos a tradicional Paella de frutos do mar, bela apresentação, para 2 pessoas.
Spoon.2015_0805Ótima execução também, em termos de sabor e texturas. Tudo no ponto certo, frutos do mar macios e suculentos. O cuidado de servir do garçon também conta ponto.
Spoon.2015_0808Fechamos com os tradicionais Churros, demorou um bocado para chegar, mas estava muito bom, crocantes por fora, macios por dentro, com duas opções de acompanhamento, chocolate e o tradicional doce de leite.
Spoon.2015_0809Os preços dos pratos principais variam de aproximadamente R$ 35 a R$ 50, preços que considero na média nos dias de hoje. Voltaria pela Paella, um prato que gosto demais. O serviço é meio lento, mesmo com salão ainda com poucas mesas ocupadas. Os garçons são meio dispersos.

Restaurante Almodóvar
Website: http://www.restaurantealmodovar.com/
Facebook: https://www.facebook.com/RestauranteAlmodovar?fref=ts
Endereço: Rua dos Pinheiros, 274, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 3062-4455.
Horário de funcionamento: Ter. à Sáb. das 12h às 0h. Dom. das 12:30 às 17h.

O Restaurante Épice de Alberto Landgraf

Em um dos raros momentos que consigo almoçar fora, aproveitei para conhecer o restaurante do chef Alberto Landgraf, um profissional que admiro muito. Adorei as suas palestras no Mesa SP 2013 e Mesa SP 2014. A fachada é bem discreta, por isso, é bom ter em mãos o número do estabelecimento.
Spoon.2015_0831O ambiente é bem enxuto, e na verdade, muito menos despojado do que imaginava. Na verdade, não me imaginei degustando neste ambiente um menu degustação do chef.
Spoon.2015_0818O bar que fica logo na entrada. Imagino que de noite fique mais glamuroso.
Spoon.2015_0817Pedimos o almoço executivo. Para começar, pães da casa, manteiga e azeite, uma delícia, e o perigo de ficar comendo esses pães sem parar, rs.
Spoon.2015_0816De entrada, Sororoca, cenoura e broto de agrião. Lembra um pouco os usuzukuris de restaurantes japoneses. Leve acidez, de forma que é possível sentir claramente o sabor de todos os elementos.
Spoon.2015_0821Para quem não enxergou a Sororoca (peixe)… rs.
Spoon.2015_0823Como prato principal pedimos dois diferentes, Arroz de Pato com Cogumelos, de sabor bem intenso, um pouco mais puxado no sal. As diferentes texturas também são um atrativo no prato.
Spoon.2015_0825E Costela, purê e folhas de couve crocantes. A costela estava saborosa, úmida e não se sentia excesso de gordura. As folhas crocantes dão um tom rústico, lembrando a roça.
Sonia_Epice_01pDe sobremesa pedimos o Morango no vinagre, creme e Cerefólio em pó. No mínimo exótico e intrigante. Para mim soava mais como uma interessante entrada, rs.
Spoon.2015_0827Estava adorando a experiência de conhecer o trabalho de uma pessoa que admiro, quando fomos convidadas a conhecer a cozinha do Épice. Uma cozinha enxuta, organizada, com cozinheiros bem jovens, e claro, a simpatia e atenção do chef Alberto Landgraf, explicando o seu funcionamento.
Alberto Landgraf gosta muito de trabalhar com acidez, texturas, quente/frio, o que pudemos vivenciar durante o almoço. Dá preferência a produtores locais com produtos orgânicos, evitando intermediários, mas confessa que não consegue trabalhar 100% com produtos orgânicos. Achei esse relato muito interessante, o que me fez refletir sobre o pé em que se encontra a produção de orgânicos no Brasil.
O almoço executivo custa R$ 61, os pães podem ser consumidos à vontade e a água, com ou sem gás são cortesia.
Saímos com a certeza de que temos que voltar para o menu degustação de noite!

Restaurante Épice
Website: http://www.epicerestaurante.com.br/
Endereço: R. Haddock Lobo, 1002, Jardins, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 3062-0866.
Horário de funcionamento:
Almoço: Ter. a Sex. 12:00 às 14:30; Sáb. 13:00 às 15:30.
Jantar: Ter. a Qui. 20:00 às 23:00; Sex. e Sáb. 20:00 às 00:00.