Arquivo mensal: fevereiro 2015

Até que chegamos ao Koji – encontros com Marisa Ono

Quem, que tem qualquer ligação com a culinária japonesa, não conhece Marisa Ono? Meu primeiro contato foi via blog, na procura de informações sobre a culinária japonesa e busca de receitas. Acho que o primeiro contato pessoalmente foi no Mesa São Paulo de 2014, numa rodinha de conversa, e apresentação de amigos de amigos, rs.
Tempos depois, tive a oportunidade de conhecer o famoso sítio da Marisa Ono, onde são produzidos vários ingredientes da culinária japonesa.
Spoon.2014_0927Acabei conhecendo a berinjela japonesa bolinha. Além de bonitinha e ter sabor suave, me impressionou o fato de manter a sua brancura interna, mesmo depois de aberta. É como se a oxidação fosse lenta ou limitada.
Spoon.2014_0923Na versão frita, olha a brancura!!! De tão impressionada que fiquei, acabei sendo lembrada por isso pela Dona M., kkk.
Spoon.2014_0932Imagine poder comer tudo fresco, colhido desta horta maravilhosa. O pepino estava divino!
Spoon.2014_0929Mas não são apenas os produtos de hortifruti que chamam a atenção. Aliás, ainda estou para escrever sobre o restaurante Aizome, que usa vários dos produtos da Marisa. As comidinhas da Marisa e da Dona M. são famosíssimas por serem maravilhosos! Ah, os pastéis, meu deus, dá para comer o dia inteiro de tão leves que são, desmancham na boca…
Spoon.2014_0928E as coxinhas? Covardia de tão gostosos!
Spoon.2014_0933Ainda teve porco no misso… saborosíssimo, de lamber os dedos…
Spoon.2014_0935E língua! Pois é, assim é fácil de fazer qualquer pessoa passar a gostar de língua…
Spoon.2014_0936De sobremesa, choux crocantes e recheio com creme divino feito com fava de baunilha!
Spoon.2014_0940Por todas as conversas no meio gastronômico na qual entrei, acabei rotulando a Marisa na minha cabeça como pesquisadora, rs. Mas no fundo não deixa de ser, estuda pácas, faz testes, e semana passada tive o grande prazer de participar de uma aula dela. O assunto da noite, no andar superior do Izakaya Matsu foi Koji! Sinceramente não fazia muito idéia do que era, mas me interessava por ter relação com a culinária japonesa e por ter ligação com produtos como shoyu, misso e sake.
Spoon.2015_0300O Koji é um termo utilizado para diversos fungos do gênero Aspergillus, e no dia foi abordado o Aspergillus orizae, conhecido como kome-koji, que é o koji do arroz. Marisa explicou como é produzido, e de cara, nos deparamos com o o arroz mofado, ou melhor, coberto por micélio e conidioforos brancos. O sabor era adocicado, e ao mordermos, algo como um pouco mais crocante que al dente.
Spoon.2015_0294Conhecemos também o arroz em fase mais avançada, com esporos. O sabor se torna bem ácido, mas confesso que adorei, tanto o sabor como o cheiro. O aroma que lembrava muito o sake era bom demais! Reparem na diferença de cor. E melhor seria se pudesse sentir o aroma.
Spoon.2015_0297O Koji é utilizado na produção de produtos como misso, sake, mirim, shoyu, e está muito relacionado com a produção de mais de 20 tipos de enzimas diferentes. As enzimas são responsáveis pela conversão de amidos em açúcares, que na presença de fermentos, são convertidos em álcool, e as proteínas são convertidas em aminoácidos, resultando no famoso “umami”, ou quinto sabor (além do doce, salgado, amargo e azedo), daí a sua grande importância.
A aula foi bastante descontraída com grande interação com os participantes. Agora vejo uma pesquisadora completa, passando as informações adiante, rs.
Admiro demais a Marisa, não só pelo imenso conhecimento e habilidades na culinária japonesa, mas também pelas conversas engraçadíssimas e seu jeito único de ser.
Aguardemos os próximos cursos e posts! Informações sobre os próximos cursos postarei na página do Blog no Facebook.

Blog Delícia
http://marisaono.com/delicia/

Anúncios

Priceless Burger by São Paulo Não Tem Preço

A hamburgueria General Prime Burger, pioneira em hambúrguer gourmet lançou no último dia 10 de fevereiro o Priceless Burger. Em parceria com a MasterCard, o novo hambúrguer foi criado em homenagem à cidade de São Paulo que fez aniversário no último mês. Fui conferir a novidade na noite de degustação do novo burger.
Spoon.2015_0179Blogueiros preparando seus celulares para entrar em ação, rs.
Spoon.2015_0183Começamos com duas das batatas fritas da casa, o primeiro e o que gostei mais, Waffle Fries, corte especial dos EUA, crocante por fora e cremoso por dentro. A textura agrada muito.
Spoon.2015_0186O segundo,  Truffle Fries, batatas fritas com parmesão, salsa e azeite de trufa.
Spoon.2015_0189Chega a estrela da noite, Priceless Burger (R$ 36),  hambúrguer especialmente criado pelo chef Paulo Bastos para homenagear a cidade de São Paulo. Feito com 50% bacon e 50% alcatra Angus (220g), cheddar inglês, fatias de bacon e cebola roxa, no pão com brioche, servido com a Garlic & Rosemary Potato.
Spoon.2015_0193Close no Priceless Burger, inspirado na miscigenação da cidade, com harmoniosa mistura de sabores.
Spoon.2015_0196Sobremesa 1 – Brownie.
Spoon.2015_0200Sobremesa 2 – Crumble de Maçã.
Spoon.2015_0205Sobremesa 3 – Cheesecake.
Spoon.2015_0203Para os clientes MasterCard ainda tem desconto de 50% no segundo burger.
Spoon.2015_0184
General Prime Burger

Website: http://www.primeburger.com.br/
Endereços:
Joaquim Floriano – Rua Joaquim Floriano, 541, Itaim Bibi, São Paulo, SP. Tel: (11) 3060-3333. Horário de funcionamento: seg a qui, das 11:30 às 15:30 / 18h à 1h; sáb das 12h à 1h; dom 12h às 23h.
Shopping JK Iguatemi – Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041, Vila Olímpia, São Paulo, SP. Tel: (11) 3078-6833. Horário de funcionamento: seg, ter,  qua, qui e dom das 12h às 23h; sex e sáb das 12h às 0h.
Shopping Market Place – Av. Dr. Chucri Zaidan, 902, Vila Cordeiro, São Paulo, SP. Tel: (11) 5181-2101. Horário de funcionamento: dom a qui das 11:45 às 22h; sex e sáb das 11:45 às 23h.
Shopping Iguatemi Alphaville – Al. Rio Negro, 111, Barueri, SP. Tel: (11) 4191-7023. Horário de funcionamento: dom a qui, das 11:45 às 22h; sex e sáb das 11:45 às 23h.
Campinas – Rod. D. Pedro I, km 131,5, Galleria Shopping Campinas, Campinas, SP. Tel: (11) 3206-0312. Horário de funcionamento: seg a qui das 11:30 às 22h; sex das 11:45 às 23h; sáb das 12h às 23h; dom das 12h às 22h.

Holy Burger

Nova hamburgueria na área!!
Há aproximadamente 3 meses abriu o Holy Burger, localizado no final da Consolação, próximo à faculdade Mackenzie. Mais uma hamburgueria em São Paulo? Pode ser, mas tem um diferencial interessante, é uma hamburgueria social que acredita na mudança do ser humano através da gastronomia, apoiando os projetos Um Novo Tempo e Extreme Impact da Igreja Batista da Liberdade.
Holy Burger fica em uma rua com vários barzinhos, daqueles bem barulhentos e cheios. A primeira impressão que tivemos foi, será que estamos no lugar certo? E pensamos, espero que não seja nenhum desses, hahahaha. E para a nossa surpresa, identificamos o pequeno estabelecimento com a auréola no nome. Santa ajuda para achar o lugar, hehe.
HolyBurgerHamburgueria bem compacta e estilosa! Lâmpadas, canos de cobre, cartazes…
Spoon.2014_0895Adoramos toda a decoração!! Opinião de três arquitetos, kkk.
Spoon.2014_0902Escolhi o Holy Burger (R$ 23), sempre acho que os sanduíches com o nome do estabelecimentos têm maior probabilidade de serem bons, rs. E estava bom mesmo! Mas os outros dois diferentes escolhidos pelo grupo estavam ótimos também.
Spoon.2014_0901Estava no ponto!
Spoon.2014_0904De sobremesa pedimos o Bolo de Chocolate (R$ 12), muito bom.
Spoon.2014_0905Só não conseguimos experimentar a batata frita, pois a máquina estava quebrada…
Não seja por isso, voltei porque ouvi falar muito bem da versão vegetariana. Desta vez sentei no balcão, de onde gosto de ver toda a movimentação dos funcionários.
Spoon.2015_0131Pink Lemonade (R$ 8) nesse caneco estiloso para refrescar após o dia de trabalho.
Spoon.2015_0132Vamos ao Vegê (R$ 15), o veggie burger deles. Lindo, não?
Spoon.2015_0133O sabor é equilibrado e delicioso, longe de ser sem graça como em muitos casos vegetarianos. O pão também se destaca pelo sabor e maciez.
Spoon.2015_0134Desta vez consegui a Batata. Existe a versão grande (R$ 12) e a pequena (R$ 5) que pode se solicitada para acompanhar o sanduíche. São batatas finas e a grande é meio grande mesmo, principalmente por serem cortados desta forma, dá para 2 ou 3 pessoas.
Spoon.2015_0135De sobremesa pedi o famoso Pudim de Leite Condensado (R$ 12), servida na latinha.
Spoon.2015_0136Ta-da…. e surge o pudim!!! Delícia!!! Firme com bolinhas… Ótimo fechamento do meu almo-janta!
Spoon.2015_0138Holy Burger
Website: http://www.holyburger.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/Holyburgersp.
Endereço: Rua Doutor Cesário Mota Júnior, 527, Vila Buarque, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 4329-9475.
Horário de funcionamento: Seg. a Qui., das 18h à 0h. Sex até a 1h. Sáb das 12h à 1h.

Comemorando meu aniversário no Oui Restaurante!

Parte de meu aniversário foi comemorado no Oui Restaurante, do chef-proprietário Caio Ottoboni, altamente recomendado por um amigo do restaurante. Sempre tento não criar expectativas, mas às vezes é difícil, rs.
Chegamos lá pras 14:30, sem reserva, já que só é possível fazer reserva até às 13:30. Mas estava tranquilo, havia algumas mesas disponíveis, como havia avisado a atendente muito simpática e atenciosa.
O estabelecimento fica perto dos badalados Bráz Pizzaria e o Empório Alto dos Pinheiros. Bem discreto mesmo, fácil de passar meio batido.
Spoon.2015_0217Por dentro é bem compacto, mas com charme.
Spoon.2015_0219No andar superior, os toaletes e um salão menor.
Spoon.2015_0231Um brinde ao meu aniversário, não podia ser melhor, e ainda mais com pessoas maravilhosas.
Spoon.2015_0221Para começar, o mais que recomendado Steak Tartare (R$ 21/42), perfeito!
Spoon.2015_0223Fraldinha, gratin de tubérculos, tutano torrado (R$ 49)…. Maravilhoso!
Spoon.2015_0229Pancetta de porco laqueada, purê de batata doce, gergelim torrado (R$ 47), espetacular!
Spoon.2015_0227Frango desossado, espinafre, cogumelos e purê (R$ 43), quando o frango é elevado ao posto de nobreza!
Spoon.2015_0226De sobremesa, Compota de abacaxi, bolo de coco, sorbet de limão e manjericão (R$ 16). Realmente delicioso.
Spoon.2015_0233Melhor? Só harmonizado com Chateau Moulin Caresse!
Spoon.2015_0234Foi uma experiência mais que feliz, com comida e bebidas maravilhosas, além de ótimo atendimento que começa já na ligação para reserva. Não vejo e a hora de voltar para experimentar o resto do cardápio!!!

Oui Restaurante

Endereço: Rua Vupubaçu, 71, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 3360-4491
Horário de funcionamento: ter. a sáb., das 12h às 15h e das 19h à 0h; dom., das 12h às 17h .

 

O coreano Seok Joung no Bom Retiro

Adoro a culinária coreana, especialmente as “pimentices”, mas confesso que não conheço tão bem as suas diversidades. Os pratos que mais conheço mesmo são o kimuchi, bibimbap e o churrasquinho coreano, apreciando com maior frequência os dois primeiros.
Passeio pelo Bom Retiro organizado pela Telma Shimizu Shiraishi, chef do Restaurante Aizome, começamos pelo restaurante Seok Joung, passamos por lojinhas com ingredientes orientais, especialmente utilizados na culinária coreana e até por uma doceria coreana.
Cheguei ao restaurante Seok Joung pelo Metrô Luz, e caminhar pelo bairro do Bom Retiro, em certos momentos, me fez sentir completamente fora de São Paulo, de tantos coreanos que cruzava pelas ruas, rs. A fachada do restaurante é discreto, fácil de passar despercebido.
Spoon.2014_0976O almoço prometia ser uma grande farra gastronômica, se não me engano, estávamos em nove pessoas, quer dizer, chance de experimentar váaaaaarios pratos! Hehehe. Ainda entre amigos, a diversão era garantida. Começamos com o Combinado Seok Joung (R$ 40 / 70), combinados da casa com refogados, conservas e pratos quentes que variam todos os dias.
Spoon.2014_0977Re Dop Bap (R$ 45) – salada com sashimi de peixe e molho ligeiramente picante. No cardápio vem descrito como risoto, mas de risoto não tem nada, rs. É mais salada mesmo…
Spoon.2014_0978Rá! Bibimbap (R$ 30)!!!! Amo!
Spoon.2014_0979Arroz de acompanhamento.
Spoon.2014_0980Geok Bokum (R$ 65) – fatias de carne moída e legumes ao molho picante. Picante mesmo!!!
Spoon.2014_0981Dedi Gar Bi Yorim (R$ 75) – costela de porco ao molho picante.
Spoon.2014_0982Veio ainda uma sopinha delicadamente deliciosa com verdura que parecia espinafre.
Spoon.2014_0983Tudo muito, mas muito delicioso!!!
Últimos dias de 2014, ainda teve a brincadeira de todos tirarmos uma foto de passagem de ano, tipo chef Carlos Bertolazzi in Tokyo, já que estava rodeado da japonesada, hahaha. A montagem ficou hilária! Imagem postada ao meio dia do dia 31, como se estivéssemos na virada do ano no Japão! kkkk.
Spoon.2014_0984bA sobremesa ficou por conta da doceria coreana Bless Café, na rua Prates, 606. O melhor é o cardápio, hahahah. Oi???
Spoon.2014_0987Para mim, o destaque ficou para o bolo de batata doce. Não gostei muito do suposto chantilly de cobertura, mas o bolo e o recheio estavam maravilhosos!
Spoon.2014_0988Foi uma ótima forma de fechar o ano de 2014!!!

Restaurante Seok Joung
Endereço: Rua Correia de Melo, 135, Bom Retiro, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 3338-0737.
Horário de funcionamento: De segunda a sábado: 11h30 – 15h e 17h30 – 21h / Domingo: fechado

Izakaya Matsu, o filho do Izakaya Issa em Pinheiros!

Sim, o título faz referência à matéria do Paladar intitulado “Izakaya Issa ganha irmão em Pinheiros”. Digo filho e não irmão devido a tudo que presenciei na inauguração noturna do Izakaya Matsu.
Spoon.2015_0099Consegui chegar, como sempre, no abre. E mais, fui a primeira cliente da noite de estréia do estabelecimento. Todos os cozinheiros a mil, mal tinham tempo de olhar para a presença de um cliente. Consegui cumprimentar rapidamente o Toshi e logo veio o Lúcio, filho de D. Margarida do Izakaya Issa, para me contar como estava sendo todos os preparativos e o dia de abertura do izakaya.
Um detalhe que me chamou muito a atenção foi o Haraguchi san do restaurante Ban, e marido da D. Margarida, o tempo todo atento em todos os detalhes da cozinha.
Spoon.2015_0100Detalhe das facilidades, tomadas para carregarmos nossos celulares, ai, ai, vamos ficar muito mal acostumados, kkk.
Spoon.2015_0101Comecei com o tradicional Otoshi, do Toshi, ok, ok, piadinha que ninguém aguenta mais, ainda mais o Toshi, kkk. Nabo desidratado e pepino, impecáveis.
Spoon.2015_0103Acabei conhecendo Ensei Neto do The Coffee Traveler, e acabei na mesa dele no cantinho do izakaya, de onde conseguimos visualizar todo o salão. Chegou o primeiro prato que o Toshi me mandou Wafu Hambagu, hamburger japonês bastante leve, ainda mais com o nabo ralado e o molho ligeiramente ácido.
Spoon.2015_0105Começaram a chegar mais e mais pessoas, parecia uma festa de amigos, é impressão minha ou todos se conhecem? kkkk. A mesa em que estávamos foi ficando pequena de tamanho e gigante de alto astral. Foi então que Ensei nos apresentou uma belíssima surpresa, a cachaça Água na Mata que sequer foi lançado no mercado. Me senti mega privilegiada!
Spoon.2015_0106E a nossa mesa de experimentações não parava! Karaague (frango frito), wow!!!
Spoon.2015_0107Buta miso (carne suina com misso)…
Spoon.2015_0109Ah, e finalmente, chega o sake que eu nunca havia experimentado, um suuuuper dry. Melhor colocar a imagem que eu não vou conseguir descrever aqui.
Spoon.2015_0111A cor é maravilhosa, mas o sabor, o aroma, melhor ainda. Como a nossa querida sommelier de sakes, A Sonia, descreveria, um soco, mas que você quer mais. Seria algo como bebida de mulher de malandro???? kkkk. Só sei que era um desbunde!!! Claro, no final ainda pedimos repeteco!!!
Spoon.2015_0112Tori Momoyaki, coxa de frango grelhada…
Spoon.2015_0114E aí que do nada aparece a Sonia com a garrafa de chochu do Adegão, que todos estavam de olho, hihihi.
Spoon.2015_0115Segundo o Adegão (Adega do Sake), a Sonia parecia um frentista distribuindo O Álcool, kkkk. E a Soninha, só risadas… kkkk… saindo de fininha…
Spoon.2015_0117Tempura Soba
Spoon.2015_0118E não é que a casa LOTOU!!! Sim, no meio da noite aparece a D. Margarida para ajudar!!!
Spoon.2015_0119Nikomi Hambagu (hamburger cozido no molho demi-glace)! Não teria coisa melhor para fechar a comilança com chave de ouro!!!
Spoon.2015_0122Sim, teve fila do lado de fora! Algumas pessoas ainda haviam ido no almoço e voltaram para a noite, principal movimento do izakaya.
Spoon.2015_0123Foi uma noite de estreia maravilhosa! Como o Adegão postou, “Não fui num jantar. Fui em uma festa, ver e rever amigos.”
Voltando ao título, para mim, Matsu era um filho sim, por tudo que presenciei. Os pais Haraguchi e Margarida presentes, ajudando o filho que estava nascendo com todo o carinho do mundo! Os pratos e as bebidas estavam maravilhosas, mas a emoção de ver esse nascimento em meio a tanta energia positiva, tanto amor de família e amigos acabou marcando muito esta noite maravilhosa!
Muito sucesso à família Izakaya Matsu!!!! Gotisousamadeshita!

Izakaya Matsu
Facebook: https://www.facebook.com/izakayamatsu?fref=ts
Endereço: Avenida Pedroso de Morais, 403, Pinheiros, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 3812-9439
Horário de funcionamento: seg a sáb 11h30/14h30 e 18h30/23h30 (fecha domingo)

 

Batendo recorde no Meu Gohan!

Com matéria no Paladar e jornais japoneses, tínhamos que conhecer o famoso “Meu Gohan”. Mais ou menos próximo do metrô Santa Cruz, nos perdemos um pouco até chegar ao local. Pretendíamos chegar logo na abertura, mas encontramos o estabelecimento apenas meia hora depois. Com cara de boteco de entorno de faculdades, as grades chamavam a atenção.
Spoon.2014_0792Quando visualizamos a placa, tivemos a certeza de que estávamos no lugar certo!
Spoon.2014_0793A fila já estava grande… e o medo de ter perdido a viagem?
Spoon.2014_0795Ao mesmo tempo que pegávamos lugar na fila, um a um fomos ver o cardápio. Com o espírito de gordinhos, queríamos experimentar de tudo, hehehe.
Spoon.2014_0798A média de preço dos udons era de R$ 18, imaginamos algo pequeno e por isso resolvemos escolher três tipo cada um. Ainda mais com a limitação de 60 udons por dia, não iríamos arriscar, né! Para adiantar o processo e aliviar a ansiedade, fomos logo preparando a mesa com os acompanhamentos para aguardar a chegada do famoso udon do Mizumoto san.
Spoon.2014_0805Aqui preciso relatar que a atendente ficou um pouco assustada com o tamanho do pedido, não só de udons, mas também de tempurás. Tentou de todas as formas não vender todos os tempurás que pedimos, o que foi no mínimo bizarro, mas insistimos e respondemos que não estávamos com pressa, que podíamos esperar, hahahah. Gordinhos já causando!!! Foi meio assim, mandaram o que tinham e depois acabou, kkkk.
Finalmente os udons começaram a chegar por etapas. Mizumoto san fez questão de nos trazer, queria saber quem eram os OGROS!!! Huahauhua…
Spoon.2014_0808A massa é especialmente gostosa, para a nossa surpresa. Os caldos que acompanham também estavam deliciosos.
Spoon.2014_0812Os tempurás são bem caseiros, bem no estilo feito na casa da mãe ou avó. Infelizmente, não conseguimos experimentar todas as variedades, pois havia acabado.
Spoon.2014_0813O resultado 1 dessa brincadeira? Gordinhos felizes!! Detalhe, um comentário em comum: “Nossa, apesar de ter comido 3, nem está pesando, né!”, kkkk.
Resultado 2, acabamos com 15% da produção de udon do dia, pode, minha gente? hahahah. E um detalhe, um pouco antes das 13 horas, havia acabado tudo. Agora vamos às consequências, olhares fuzilantes daqueles que chegavam depois das 13h ao ver a nossa mesa… ihhhhh….
Spoon.2014_0819Aberto para almoço até às 15h, não parava de chegar gente, especialmente japoneses, que iam embora desolados. Realmente impressionante o número de pessoas que aparecia no local.
Spoon.2014_0820Infelizmente o Meu Gohan está temporariamente com serviços suspensos. Em breve teremos novidades, aguardem!!!!