Arquivo mensal: março 2014

Restaurant Week no Aze Sushi

Confessso que sou traumatizada em relação ao Restaurant Week. Uma das minhas piores experiências foi em um restaurante francês no Jardins, onde me serviram um “filé mignon” medonho, todo desforme com partes muito passadas e outras absolutamente cruas. Sem contar as fibras que faziam meu prato parecer um monte de chicletes. Fora as imensas filas e péssimo atendimento por conta do grande movimento.Bem, desta vez, resolvi tentar mais uma vez, na companhia de Sônia e Paula, minhas grandes companhias de aventuras gastronômicas, hehehe. Fomos ao Aze Sushi, um lugar que sempre tive vontade de conhecer. O restaurante possui ambiente bem modernoso e descontraído.
Fonte: Website Aze Sushi

Queríamos lugares no balcão, mas como o grupo era, inicialmente de 5 pessoas, só foi possível fazer reserva em mesa. Pena, fica para a próxima. Logo depois de chegar as bebidas, nos trouxeram um couvert, um kimpira gobo, feito com raiz de bardana (gobo) e cenoura, estava delicado e saboroso.
Spoon_AG_2014_043Solicitamos então o cardápio do Restaurant Week, na qual havia duas opções de entrada, prato principal e sobremesa. Acabamos as três pedindo o mesmo, o que nos parecia mais apetitoso.
De entrada uma salada de folhas com kani, rabanete e tomates, simples, mas bem gostoso, especialmente pelo tempero.
Spoon_AG_2014_044Juntamente veio o onsen tamago, conhecido também como ovo perfeito, com a gema bem cremosa. A combinação com o caldo é fantástico! Redondo, suave, delicado… Comeria uns 10 desse… kkk
Spoon_AG_2014_045Querem ver como estava a gema? olha só!! Meo deos…. rs.
Spoon_AG_2014_047De prato principal, pedimos um baratirashi, uma versão mais simples do tirashi que apresentei em posts anteriores, com aparas de frutos do mar e pepino. De frutos do mar havia camarão, polvo, atum, salmão e ovas de peixe voador. Além disso, ainda havia tamagoyaki (omelete), pepino, algas, gergelin e tiras de shisso que amo tanto! A combinação de sabores e texturas ficou ótima!! Sem contar o delicioso arroz.
Spoon_AG_2014_046Acompanhando o baratirashi, tsukemono, gari e wasabi.
Spoon_AG_2014_048E para finalizar, maçãs flambadas com sorvete. É simples, não surpreende, mas fecha com um docinho.
Spoon_AG_2014_052Não conseguimos nos contentar somente com o menu do Restaurant Week. Como gostamos, ficamos com vontade de experimentar mais coisas. A Sônia já conhecia a casa, então nos indicou sushis e tempura. Primeiramente veio o trio de sushis, de lula, sardinha e ouriço. Todos muito bons – a lula com shisso e umeboshi, combinação que amo; a sardinha que nunca fui muito fá, mas que estava desmanchando na boca, obviamente sem espinhas (rsrsrs), e o ouriço que, para mim, traz o sabor do mar de forma intensa.
Spoon_AG_2014_049Seguindo o vício pelo shisso, um tempurá de shisso e por cima salmão apimentado. Bem interessante a combinação de sabores e texturas.
Spoon_AG_2014_050Se valeu o Restaurant Week? Para mim, pela primeira vez, valeu. São pratos tops? Claro que não e nem espero isso por um valor de Restaurant Week, R$ 49,90 o jantar e R$ 37,90 o almoço. Acho que o legal é poder apresentar o restaurante e provocar o gostinho de quero experimentar mais coisas desse restaurante, coisa que realmente ocorreu no Aze Sushi, como vocês puderam ver neste post. Adoramos a experiência!
Spoon_AG_2014_051O que não gosto são restaurantes tentando tirar o pé da jaca empurrando lixo e tentando vender o maior número de pratos neste evendo, acho o fim da picada. Parece que alguns estabelecimentos não conseguiram pegar o espírito da coisa…. Tudo bem que a tendência é de acabar atraindo um público que corre atrás de promoções, preços baixos, mas no meio ainda existem aqueles que realmente voltarão ou experimentarão mais pratos caso gostem da casa.

Aze Sushi
Website: http://www.azesushi.com.br/
Endereço: Rua Dr. Renato Paes de Barros, 769, Itaim Bibi, São Paulo, SP.
Telefone: (11) 3168.3673, (11) 3071.2047
Horário de funcionamento:
De segunda a quinta: 12h – 15h e também 18h – 23h
Sexta: 12h – 15h e também 18h – 00h
Sábado: 12h – 16h e também 18h30 – 00h
Domingo: 19h – 23h

Tempura Ten

Após ler o post do Jojoscope com o título “Milanesas numa casa de tempurá“, fiquei alucinada para conhecer a casa, ainda mais por estar trabalhando, entre outras coisas, com o tempurá. Acredito que seja sempre importante conhecer outras referências, principalmente as boas.
Certamente não fiquei com “medo” de entrar “num beco dentro de uma galeria obscura“, pois já havia lido o post, porque, sinceramente, só de chegar ao n° 2050 da Av. Brig. Luís Antônio, dá um friozinho na barriga (não no bom sentido) hehehe.
Fiz a reserva para o jantar, às 19 horas, já que funciona das 19h às 21h, queria aproveitar ao máximo. Obviamente, cheguei às 19 em ponto, pois não queria perder nem um minuto, rs. De cara reconheci o restaurante pela foto do post. Às vezes é legal ter acesso a informações com fotos, pois não há nenhuma identificação em português. Eu até leio um pouco, mas fiquei imaginando como seria para alguém que não lê japonês.
Spoon_AG_2014_024Cheguei antes das meninas e resolvi sondar… O estabelecimento, é pequeno e aconchegante. Aos poucos fui procurando o local onde eram feitos os tempurás, pois queria ficar pertinho. Para a minha decepção, ficava perto do lugar onde ficaríamos, mas de nenhum ângulo é possível ver o processo todo. Por questão de segurança eles colocaram uma barreira, que ao mesmo tempo é visual, pena para mim…
Spoon_AG_2014_025Nossos lugares eram no balcão e de frente uma prateleira bem com cara dos restaurantes pequenos e tradicionais.
Spoon_AG_2014_026Até as meninas chegarem, fiquei conversando com a simpática Tiyoko Imai, esposa do mestre do tempurá, Masaomi Imai. Logo as duas companheiras de experimentações chegaram!! No jantar existe apensas a degustação de tempurás, o omakasse, e sinceramente todas nós ficamos um pouco receosas pelo fato do tempurá ser fritura. Será que aguentaríamos a degustação sem passar mal???? Então vamos lá, que comece a degustação!!!!
Primeiro uma saladinha bem leve e agradavelmente temperada.
Spoon_AG_2014_028Juntamente com o konnyaku apimentado. Confesso que não costumo gostar de knnyaku, mas esse estava delicioso.
Spoon_AG_2014_029Ah, e agora começam os tempurás. Os primeiros foram de camarão e aspargo. Grande espanto pela espessura finíssima e crocante da massa, além de ser aerado. Maravilhosos! O camarão, espetacular, você morde a casquinha absolutamente crocante e aí vem um camarão carnudo e suculento dentro… Meo deos…
Spoon_AG_2014_030Agora, um ator surpresa da noite, o mini saleiro para cada pessoa. Fiquei intrigada com isso, até que a Tiyoko-san sugeriu que experimentássemos o camarão apenas com o sal, não com o tradicional molho para tempura (tentsuyu). E uma baita surpresa, que delícia!! Pudemos sentir melhor o sabor do camarão. Obviamente, depois dessa, experimentávamos tudo com o sal também.
Spoon_AG_2014_037Na sequência, tako (polvo) e shisso recheado com uma massa feita com palmito temperado. O polvo graúdo e incrivelmente macio.
Spoon_AG_2014_031E o destaque da noite, o shisso com palmito, gente, o que é isso??? Comeria uns 20 fácil!!! A crocância da massa com o shisso, e o contraste com a maciez do recheio, a combinação de sabores…
Spoon_AG_2014_032Se estávamos felizes? Diz aí!! kkkkk
Spoon_AG_2014_033E o grande mestre do tempurá, Masaomi-san:
Spoon_AG_2014_034Um intervalo nos tempurás, para limpar o paladar, esse lindo prato com macarrão de arroz, lula, pepino e cenoura avinagrados. Tão simples e tão lindo…
Spoon_AG_2014_035E voltemos ao tempurá!! Agora o kabotcha (abóbora) e a manjubinha. A abóbora estava incrivelmente doce, uma delícia, a manjubinha também estava muito boa.
Spoon_AG_2014_036Repeteco de camarão? Yay!!!!! Desta vez acompanhado da pimenta verde.
Spoon_AG_2014_038A pimenta verde era ardida, mas dentro do padrão suportável, além de estar saboroso. Eu que amo pimenta, nossa, foi uma feliz surpresa! A parte com semente, claro, ardia um pouco mais, hehe.
Spoon_AG_2014_039Mais uma pausa, agora para o gohan, misoshiru e tsukemono, total confort food, adooooro!
Spoon_AG_2014_040Continuando… tempurás de shimeji e shisso recheado com peixe branco. Definitivamente AMO shisso!!! Esse camarão está aí na foto, pois eu não havia terminado a sequência anterior, rs. Também, não paro de tirar fotos…. kkkk
Spoon_AG_2014_041E para fechar a degustação, kakiague.
Spoon_AG_2014_042Tempura Ten, não somente se destaca pelos incríveis tempurás, mas pela simpatia do casal, a atenção em cada detalhe e a harmonia da degustação. Para se ter uma idéia, Tiyoko-san, explica os pratos e entre as sequências tira delicadamente os pratos sujos e cada restinho como os rabos de camarão e o cabinho da pimenta.
Não, não saímos com sensação de mal estar após comer um monte de fritura. Masaomi-san comenta que a massa do tempurá precisa ser fina, caso contrário ficaríamos empanturradas de massa frita. Além disso, os intervalos com pratos que não são tempurás ajudam muito. Saímos satisfeitas e leves.
Foi uma noite especial, de grandes aprendizados com o casal, e de grande prazer em degustar pratos tão saborosos. Gostaria muito de experimentar os pratos do almoço, mas isso fica para um dia, quem sabe, pois meu horário de trabalho não permite essa visita.
Gotisousamadeshita!!

TEMPURA TEN

Endereço: Av. Brigadeiro Luis Antonio, 2050, Loja 23, São Paulo, SP (em frente ao Hipermercado Extra)

Horário de funcionamento: De segunda a sexta: 12h – 14h e também 19h – 21h / Sábado: 19h – 21h / Domingo e feriados: fechado.
Obs1: Só aceita dinheiro.
Obs2: Jantar somente com reservas pelo telefone (11) 99622 3582.