Arquivo mensal: dezembro 2013

Rolinhos Vietnamitas

Com esse calorzão de São Paulo, e o intervalo entre as comilanças das festas, refeições leves são mais que necessárias para dar uma trégua! rs. Pensando nisso, resgatei um teste que fizemos tempos atrás, o rolinho vietnamita, aquele feito de papel de arroz. Ele serve de entrada, como também de refeição completa. Nesse calor, eu costumo comer como refeição, mesmo porque vai salada, carboidrato e proteína, bem completinho.
Hoje fiz com recheio de alface, pepino, cenoura, folha de shisso verde e frango. Geralmente colocam camarão como proteína, mas os ingredientes podem variar muito, gosto de brincar com as texturas e cores.
COOK.2013_376Olha só o resultado, lindo, simples, fresco e saboroso. O papel de arroz é mergulhado em água e quando começa a amolecer coloco o recheio e enrolo, simples assim. O frango, marinei rapidamente em gengibre ralado, cebolinha picada e shoyu, para dar um ar oriental, e só fritei na frigideira. Acho que é uma solução prática para quando não temos ingredientes mais nobres como o camarão. Quebra um bom galho. Lembro que podemos fazer sem proteína também, fica ótimo.
COOK.2013_378Claro que um dos elementos chaves desse prato são os molhos, e aqui aproveito para resgatar duas fotos antigas de nossas experiências. Primeiramente fiz uma pesquisa de diversas receitas, principalmente em sites estrangeiros, fazendo testes e adaptações.
COOK.2013_379Após avaliar e adaptar receitas, testei 8 receitas e delas, eu e meus cobaias diminuímos para 5 e chegamos a 3 preferidos, por enquanto.
COOK.2012.01_367Hoje testei o acréscimo de folha de shisso verde no recheio, e esse particularmente ficou uma delícia e muito melhor com o Molho 1. Então, aqui vão os molhos que mais gostamos até agora, em ordem de preferência!

Molho 1: Misturar
– 1 dente de alho ralado
– 1/2 pimenta Dedo de Moça ralada
– 1 colher de sopa de açúcar mascavo
– 2 colheres de sopa de molho de peixe (Hoisin Sauce)
– 2 colheres de sopa de suco de limão Tahiti
– 1 colher de sopa de vinagre de arroz

Molho 2: Misturar
– 9 colheres de sopa de molho de peixe (Hoisin Sauce)
– 3 colheres de sopa de manteiga de amendoin (Peanut Butter, nada de Amendocrem, por favor)
– 1 colher de sopa de óleo de gergelin
– 1 colher de sopa de molho de pimenta

Molho 3: Misturar
– suco de 1 limão
– 1 alho ralado
– 1 pimenta Dedo de Moça ralada
– 1 colher de sopa de molho de peixe (Hoisin Sauce)
– 1cm de gengibre ralado

Algumas observações:
* O papel de arroz e o Hoisin Sauce podem ser encontrados facilmente em lojas de produtos orientais.
** O Peanut Butter está mais popularizado hoje em dia, e pode ser encontrado em lojas de produtos orientais e supermercados, o preço varia de R$16 a R$30, então vale fazer uma pesquisa antes. Uma das marcas que gosto mais é o Skippy.

4a Edição de O Mercado, Festival Gastronômico das Estações – Verão

Chegou a última edição de O Mercado Festival Gastronômico, desta vez dando boas vindas ao verão. O dia estava perfeito para o tema verão, dia bem quente, com temperatura acima dos 30°C, muito sol e céu azul. A árvore de natal do Ibirapuera, ao fundo, nos faz lembrar que estamos próximos ao Natal.
Spoon_OMercado_dez.2013_001Não sei bem porque, mas ao chegar lá para as 13:30, vi que o Modelódromo estava relativamente vazio, como se estivesse chegado na abertura, ao meio dia. Vai saber se as pessoas estavam de ressaca por conta das comemorações de fim de ano, ou pelo fato da prefeitura de São Paulo ter proibido a venda de bebidas alcóolicas de última hora… De qualquer forma, aos poucos o movimento foi aumentando.
Spoon_OMercado_dez.2013_025O sol estava de rachar, qualquer sombra estava tomada de pessoas, hehehe.
Spoon_OMercado_dez.2013_012Olha, juro que não entendo ainda como num país que fica tão quente as pessoas não usam chapéu ou algo do tipo. Mesmo usando protetor solar e um chapéuzinho, voltei bem queimada… afeee… rs.
Spoon_OMercado_dez.2013_026Bem, vamos aos quitutes do dia, yay!!! Não aguento, sempre acabo indo direto ao Sal Gastronomia ou o Cão Véio, do chef Henrique Fogaça. Desta vez experimentei o Cão Monstro – carne louca com creme de queijo, do Cão Véio. Véio, é bom demais!!! Comeria uns 3, mas aí não aguentaria experimentar mais coisas, hehehe. Spoon_OMercado_dez.2013_009Olha essa tentação… Até o pão é maravilhoso!
Spoon_OMercado_dez.2013_011Depois fui para a barraca da Paola Carosella & Thiago Bañares (La Guapa – Empanadas Artesanais). Existem outras barracas com empanadas, mas queria muito experimentar o da Paola, que virei fã no evento Mesa SP.
Spoon_OMercado_dez.2013_002Saindo bem quentinha do forno… Empanada salteña!
Spoon_OMercado_dez.2013_014Exatamente como eu esperava, saborosíssima, e os temperos são um show a parte, cara dela. A massa fina e saborosa.
Spoon_OMercado_dez.2013_015Outra barraca que queria visitar era a do Shimura. Queria comprar um monte de pães doces, como sonho, donut, muffin, mas quando vi que ele havia trazido panetones, mudei de idéia na hora. Como havia comido doces durante a semana, resolvi ficar com panetone que tanto queria experimentar. Confesso que não foi fácil resistir ao resto, rs.
Spoon_OMercado_dez.2013_028Ainda com fome, resolvi ver algo diferente e achei o EATinerante do Alex Caputo.
Spoon_OMercado_dez.2013_018Escolhi o SP060 – Devil’s CupCake: surreal cupcake de chocolate belga com Jack Daniel’s e bacon caramelizado. Não sou muito fã de cupcakes, mas a descrição deste estava bem tentadora. Eles descrevem como surreal, mas esse visual eu descreveria como bizarro, kkk.
Spoon_OMercado_dez.2013_019Foi uma grande aventura comer este cupcake. Primeiro, tive que sentar para poder me organizar e comer. A capinha de papel mais grosso precisa ser retirada para poder tirar a forma de papel. Aí vem esse tubinho, que eu apertava e nada. Dei uma mordida e resolvi jogar o Jack Daniel’s na massa, mas estava entupido com a ganache e quando apertei mais forte, o líquido voou para tudo quanto é lado, meus braços, minha blusa, o bolo… meo deos! huahuahuahua. Apesar dessa aventura, posso dizer que estava delicioso demais. A massa estava incrivelmente macia, molhadinha e saborosa. O bacon, que eu estava curiosa combinou bem, mas o caramelo em ponto de bala mole fez com que ficasse grudado nos dentes, um inferninho para tirar, seria legal se fizessem crocante.
Spoon_OMercado_dez.2013_022E por fim, com esse calor, uma boa opção era algum sorvete. Aí vi o carrinho super charmoso do Gelato Boutique.
Spoon_OMercado_dez.2013_004E a fila? OMG, era o maior do evento! Deve valer a pena, não?? rs.
Spoon_OMercado_dez.2013_006Ah, finalmente, o gelato de Nougat (crocante de amêndoas, pistache e frutas cristalizadas com um toque de mel de acácia, uma delícia inspirada nos doces franceses), e o Pink Lemonade (sorbetto de limão siciliano com um toque de framboesa e menta). Realmente deliciosos, com textura bem sedosa.
Spoon_OMercado_dez.2013_007Além das comidinhas gostosas, shows de rock ao vivo, muito bom!
Spoon_OMercado_dez.2013_016Adoro este evento, pela gastronomia, pelo público, pelo som, e pela oportunidade que oferece de curtir o fim de semana de forma muito agradável. Olha só as pessoas fazendo piquenique. E melhor, com o dog! hehehe.
Spoon_OMercado_dez.2013_027Eles deixaram também a opção de mesas com cadeiras.
Spoon_OMercado_dez.2013_030Infelizmente, esta edição não foi somente de coisas boas. A prefeitura de São Paulo, de última hora, proibiu a venda de bebidas alcóolicas. A situação ficou bem chata para todos. Perdemos a oportunidade de apreciar cervejas artesanais de diferentes produtores, vinhos orgânicos, drinks, etc. Alguns ainda se viraram vendendo água e refrigerantes. Engraçado é que o ano todo o evento pôde ter bebidas alcóolicas e de repente o último, perto do natal é proibido?Spoon_OMercado_dez.2013_008Deixo aqui depoimentos que li hoje. Acho que vale a pena para nossa reflexão.

Prezados Lira, Henrique e Checho

Em primeiro lugar nós da Cervejaria Nacional agradecemos muito pelas oportunidades anteriores – foram dez edições nas quais participamos, se não me engano -, e esperamos poder continuar participando das que virão.

Obviamente lamentamos pela nossa própria perda, mas consideramos que é muito pouco perto da de vocês.

E não estou me referindo somente ao prejuízo financeiro, mas principalmente à imensa frustração causada por uma atitude tão arbitrária, irresponsável, desrespeitosa e provavelmente ilegal.

Infelizmente mais um choque de realidade, mais uma ducha de brasil real, este lugar bizarro onde empreender é ofensivo, cuja a única utilidade do empresário é ser hospedeiro de toda sorte de parasitas.

Pelo jeito é para terminar com chave de ouro um ano que começou com inflação nas alturas, recrudescimento dos famigerados arrastões, com as bondosas e construtivas críticas dos boicotas da vida, esses sim, os verdadeiros construtores de uma sociedade melhor. Obviamente estou pretendendo ser irônico e me perdoem pelo excesso de amargor.

Como disse no começo, nossa parceria é quase antiga e posso afirmar que o trabalho de vocês é exemplar e com alto nível de profissionalismo (cuidado, isto não é bem visto por aqui.. desculpem, ainda um resíduo da ironia) e diante disto o que tenho a lhes dizer é: perseverem. 

Pode parecer outra ironia cretina, mas não é. 

De verdade, enxergo em iniciativas como O Mercado justamente a chance de se transformar alguma coisa para melhor nestes tristes trópicos, do que nos cabe e no que nos é possível.

Contem conosco no que precisarem e Viva O Mercado!!!

E já esperando por dias melhores, brindemos ao 2014!!! Com boas cervejas certamente..

Marcus Ribas
Cervejaria Nacional” (https://www.facebook.com/o.mercado.feira.gastronomica?fref=ts)

Ailin Aleixo em fotos pelo Instagram:
Parabéns prefeitura de São Paulo. Sempre um prazer ver o incentivo e apoio a quem tenta empreender nesta cidade, oferecendo evento que democratiza a gastronomia.
Parabéns prefeitura de São Paulo por, nesta quinta, proibir a venda de bebida alcoólica no O Mercado de hoje, prejudicando vários empresários e tirando do público a oportunidade de provar cervejas e vinhos de qualidade. Parabéns tb por não permitir mais que O mercado seja feito no modelodromo, área pública pela qual pagamos para existir. Poder público brasileiro, um dos maiores lixos do planeta” (http://instagram.com/ailinaleixo)

Fecho este post com as últimas imagens, já saindo do evento, indignada. Enquanto a venda de bebidas alcóolicas era proibida no evento, na cerca os ambulantes vendiam loucamente.
Spoon_OMercado_dez.2013_032Dúvidas do que está na caixa azul? Pronto, uma foto mais de pertinho…
Spoon_OMercado_dez.2013_033
O Mercado Festival Gastronômico das Estações
https://www.facebook.com/events/551653084908762/

Julice Boulangère – Melhor padaria “Comer & Beber 2013/2014”

Há tempos acompanho o Julice Boulangère pelo Instagram e Facebook, com a maior vontade de experimentar as imagens deliciosas que sempre postam. E graças a um compromisso nas redondezas, finalmente consegui dar um pulo lá.
Cheguei bem na hora de trânsito, lá pras 18hs, grande contraste do estresse do trânsito com o aparente oásis de tranquilidade.
Spoon_AG_0572O espaço é simplesmente um charme!
Spoon_AG_0588Spoon_AG_0574Spoon_AG_0575Na entrada começam de cara uma série de tentações, especialmente para os amantes de pães.
Spoon_AG_0582Geléias da casa…
Spoon_AG_0585Biscoitinhos da casa…
Spoon_AG_0584Além de outros produtos.
Spoon_AG_0583E chegando aos fundos, macarons, bolos e café.
Spoon_AG_0577E claro, não podia faltar o gira-gira de outros doces mega tentadores, folhados e éclairs.
Spoon_AG_0576Obviamente, fui atraída pelo éclair, uma das coisas que mais queria provar aqui. Escolhi o de doce de leite com pecãs. Normalmente não escolheria de doce de leite, por achar que possa ser meio enjoativo, mas a aparência era simplesmente irresistível.
Spoon_AG_0579E para a surpresa, não era muito doce, pelo contrário, absolutamente equilibrado em termos de textura e sabores, um arraso!
Spoon_AG_0580Para não ficar só no doce, resolvi experimentar algo salgado, e escolhi a torta de brócolis com queijo. Também estava delicioso e perfeito. O recheio de brócolis era uma delicadeza só, feito  com as pontinhas do brócolis, sem talo.
Spoon_AG_0581E para completar um atendimento muito atencioso, que completa a vontade de voltar e experimentar mais e mais delícias!! Até a próxima!!!
Spoon_AG_0586Julice Boulangère
Facebook: https://www.facebook.com/JuliceBoulangere
Website: http://www.juliceboulangere.com.br/
Endereço: Rua Deputado Lacerda Franco, 536, Pinheiros, São Paulo, SP.
Tel: (11) 3097-9162
Horário: Seg a Sáb das 08:30 – 20:00

Degtustação da Pimenta Baniwa no Design da Mata

Na semana que passou, do dia 27 a 30 de novembro, ocorreu a 3a Edição do Design da Mata – Bazar de Produtos Exclusivos da Amazônia e Mata Atlântica. O espaço do evento foi o Tidelli, empresa de móveis para áreas internas e externas, o que ficou perfeito como pano de fundo para os produtos em exposição.
Spoon_ATA_001Na sequência imagens de produtos a venda no bazar.
Spoon_ATA_002Spoon_ATA_016Spoon_ATA_003Spoon_ATA_005Spoon_ATA_011Spoon_ATA_010Spoon_ATA_014Spoon_ATA_015Spoon_ATA_017Além dos artesanatos, alguns quitutes regionais, como geléias…
Spoon_ATA_008Bombons…
Spoon_ATA_012E as ostras do mangue, desenvolvidas em viveiros, da Cooperostra da Cananéia.
Spoon_ATA_029A primeira ostra provei com o tradicional sal e limão. O segundo experimentei com a Pimenta Baniwa, como foi feito em degustação no dia 14. Meo deos, que delícia!! Fez toda a diferença do mundo!! hehe.
Spoon_ATA_022A programação abrangia assuntos como cultura, gastronomia, agrobiodiversidade, turismo de base comunitária, entre outros, e obviamente fiquei mega interessada pelo dia da gastronomia, hehehe. Programação do dia 28 às 19h: Degustação e bate papo sobre Gastronomia e Agrobiodiversidade, com foco na Pimenta Baniwa, cultivadas por comunidades indígenas do Alto Rio Negro. A iniciativa é do Instituto ATÁ, que trouxe em primeira mão os resultados de testes e aplicações gastronômicas com algumas das 77 pimentas utilizadas pelos Baniwa.
Agora vamos ao que mais me interessa, a Pimenta Baniwa!
Spoon_ATA_007E o cardápio de hoje é…
Spoon_ATA_019A degustação começou com a apresentação de Beto Ricardo e Roberto Smeraldi, ambos do Instituto ATÁ. Um pincelada sobre a importância da agrobiodiversidade, as experiências e efeitos da pimenta na gastronomia.
Spoon_ATA_024O primeiro prato foi o espetinho de camarão e lula acompanhado de maionese com jiquitaia. O efeito da pimenta é bem suave.
Spoon_ATA_026O segundo, a carne Angus curada com jiquitaia. Ainda o efeito da pimenta é relativamente suave, pegando mais em certos pontos da boca.
Spoon_ATA_027O terceiro, mousse de chocolate 75%, água e jiquitaia. Muito interessante essa mistura de água com chocolate, nunca achei que combinariam. Também o efeito da pimenta.
Spoon_ATA_028E por fim a salada de manga palmer, mel de jataí e jiquitaia. Ahhhhhhhhhhh… que doideira é essa, minha boca começou a pegar fogo, kkkkk.
Spoon_ATA_030O legal disso tudo, é que foi feito o uso da mesma quantidade de pimenta para os pratos, e os efeitos são distintos, a persistência, a duração, a intensidade, o momento da percepção, de acordo com a quantidade de gordura do prato. Amei a experiência!!
Spoon_ATA_031Para quem quiser saber um pouco mais das características das pimentas, tem um link bem bacana: http://www.organicsnet.com.br/2011/03/pimenta-protege-o-coracao-e-ajuda-a-queimar-gordura/

Para quem quiser saber um pouco mais sobre a Pimenta Baniwa, segue o link da matéria do Globo Rural:

Design da Mata
https://www.facebook.com/DesignDaMata?fref=ts

Instituto ATÁ
http://www.institutoata.org.br/pt-br/index.php

Tidelli In & Out
Endereço: Av. Pedroso de Morais, 1684, Vila Madalena, São Paulo, SP

Faire La Bombe – Pinheiros

Adoro bombas, agora, imagine na versão gourmet! Localizada na Rua dos Pinheiros, fica num cantinho bem simpático, quase em frente ao MEATS.
Spoon_AG_0562O ambiente interno é fofíssimo. Na entrada principal, ficam expostos as bombas e o vidro que permite a visualização da produção. Spoon_AG_0569A área de produção…
Spoon_AG_0563E do outro lado, algumas mesas e o caixa.

Spoon_AG_0568E vamos às bombas!!! Foi um pouco decepcionante ver tão poucas opções e perguntei à atendente como conseguiria as amplas opções do menu. Me respondeu que a produção depende muito da demanda. Quer dizer, vai na sorte…
Spoon_AG_0564Pelo menos disponibilizaram um dos sabores que queria muito experimentar, o de limão siciliano.
Spoon_AG_0566Pedi o de limão siciliano e cappuccino.
Spoon_AG_0570O sabor? Os dois são ótimos, mas o de limão siciliano foi o que mais gostei!
Spoon_AG_0571Por sorte, dias atrás, ganhei a versão pistache, olha que coisa mais linda!
Spoon_AG_0552É simplesmente maravilhoso!!!
Spoon_AG_0553Não vejo a hora de experimentar os outros sabores…. Nham, nham…

Faire La Bombe
Website: http://www.labombe.com.br/LaBombe/Home.html
Endereço: Rua dos Pinheiros, 223, São Paulo, SP.
Tel: (11)  2628-7667
Horário:
Seg: 11:00 – 18:00
Ter – Dom: 11:00 – 20:00